Tesla está prestes a disputar no mercado de carros elétricos voadores com a Embraer

Valdemar Medeiros
por
-
20-07-2021 11:28:23
em Logística e Transporte
Tesla - carro elétrico voador - Embraer - Carro elétrico voador da Embraer – Créditos: Embraer – Divulgação

Os carros elétricos voadores estão ganhando destaque. Desta vez, é a Tesla que está se preparando para entrar nesta disputa e já tem em mente que a Embraer será uma grande concorrente

A Tesla está se preparando para ser uma grande concorrente da Embraer no mercado de carros elétricos voadores. De acordo com a consultoria do banco Morgan Stanley, a montadora de carros elétricos de Elon Musk está se preparando para utilizar a expertise em EVs para investir em mobilidade aérea urbana com o desenvolvimento de modelos voadores para uso em táxis aéreos.

Leia também

Tesla pretende se arriscar no mercado de carros elétricos voadores

De acordo com Adam Jonas, analista do Morgan Stanley e também um dos maiores que cobrem a Tesla, apesar de Elon Musk resistir em investir nesse setor, é quase impossível que a empresa não se arrisque com carros elétricos voadores, que já conta com players fortes como a Embraer e Volocopter, que possuem modelos em testes cansativos e em busca de certificação pelo mundo. De acordo com Jonas, a chance da Tesla não oferecer produtos e serviços para o setor de carros elétricos voadores é remota.

A potencial transferência de adjacências e habilidades da rede são muito fortes para serem deixadas de lado. Além disso, de acordo com as projeções da consultoria, caso a Tesla se aprofunde neste mercado, suas ações poderão subir de forma abundante.

A opinião do CEO da Tesla

Em 2019, Elon Musk começou a discutir o potencial para carros elétricos voadores, que segundo ele serão viáveis apenas em meados de 2024. Segundo Musk, diversos componentes devem melhorar, para a segurança dos passageiros, principalmente as baterias elétricas, que necessitam de uma densidade de energia melhor e maior.

O CEO da Tesla também argumenta que adicionar muitos objetos capazes de voar, em um espaço urbano, pode causar diversos riscos à segurança e também aumentará a poluição sonora.

Além disso, Musk afirma que, em terrenos urbanos, ir para o subsolo com túneis é uma ideia melhor do que subir com carros elétricos voadores. Entretanto, como dito antes, é quase impossível que a empresa não entre nesse setor.

Embraer, uma forte concorrente da Tesla

A Embraer tem fechado diversos contratos e parcerias. No mês passado, a empresa fez parceria com a Halo para o desenvolvimento de serviço de Mobilidade Aérea Urbana e outros produtos.

Nesta parceria, foi incluso um pedido de 200 unidades de carros elétricos voadores da Embraer. Também no mês passado, uma semana após o contrato com a Halo, a Embraer fez mais um acordo, desta vez com a Helisul Aviation, uma empresa que atua com helicópteros. No contrato, estão inclusos 50 carros elétricos voadores e, segundo a Embraer, já estão sendo traçados planos futuros para um acordo com a Uber.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.