Início Petroleira brasileira Enauta atinge 20 milhões de barris de petróleo com menos de quatro anos de operação no Campo de Atlanta, na Bacia de Santos

Petroleira brasileira Enauta atinge 20 milhões de barris de petróleo com menos de quatro anos de operação no Campo de Atlanta, na Bacia de Santos

4 de junho de 2022 às 09:50
Compartilhe
Siga-nos no Google News
petróleo - preço - Enauta - bacia de santos
Enauta – Campo de petróleo Atlanta , Bacia de Santos

Com média diária de 13 mil barris em dois poços de petróleo, Enauta se prepara para retornar a produção no terceiro poço no início de 2021 

A petroleira brasileira Enauta atingiu a marca de 20 milhões de barris (bbl) produzidos no Campo de Atlanta, na Bacia de Santos, onde a empresa opera com 100% de participação. O consolidado de produção no ano até a data de, quinta-feira, 16/12, é de cerca de 3,8 milhões de barris. A marca foi atingida com menos de quatro anos de operação na área. 

Leia também

Atualmente, a média de produção diária, com dois poços produtores, é de 13 mil barris e a empresa mantém o trabalho para incrementar a produção. A previsão é de que o terceiro poço volte a produzir até março de 2022.

Artigos recomendados

Recentemente, foi concluída a primeira etapa do projeto de ampliação da capacidade de tratamento de água FPSO, que libera a planta de processo para aumento da produção de óleo. 

Enauta prevê a perfuração de mais um poço no quarto trimestre de 2022

Adicionalmente, a perfuração de mais um poço no Sistema de Produção Antecipada (SPA) está prevista para iniciar no quarto trimestre de 2022. O novo poço, previsto para entrar em produção no início de 2023, permitirá um aumento significativo na produção e adicionará um sobressalente ao sistema de bombeio dos poços. O valor estimado do poço é de US$ 75 milhões, sendo US$ 60 milhões para a perfuração e completação e o restante para interligação. 

“Mantemos o foco na produção e otimização dos custos operacionais, principalmente dos custos logísticos. A engenharia offshore utilizada no Bloco BS-4 é feita a partir dos conceitos mais avanços disponíveis no mercado”, afirmou Carlos Mastrangelo, Diretor de Operações da Enauta. 

A eficiência operacional da empresa no Campo de Atlanta em novembro foi de 99,32% no FPSO Petrojarl I, mantendo a excelência do registro do mês anterior. A localidade foi o segundo acordo de farm-in da companha após a abertura de capital em 2011, quando a empresa anunciou a aquisição da participação e da operação no Bloco, com investimentos de US$ 157,5 milhões. 

De acordo com a certificação mais recente da Gaffney, Cline & Associates, o Campo de Atlanta possui Reservas 2P de 103 MM bbl de óleo pesado, com 14º API e baixo teor de enxofre, menos poluente e em linha com a regulamentação de combustível marítimo IMO 2020. 

Sobre a companhia – A Enauta é uma companhia independente brasileira do setor de exploração e produção de petróleo e gás, com mais de 20 anos de atuação no país. Somos reconhecidos por nossa determinação e pela capacidade de capturar as oportunidades do setor. Sempre com competência, responsabilidade e segurança, nosso objetivo é construir o portfólio mais diversificado e com o maior potencial para geração de valor entre as empresas independentes de petróleo e gás natural operando no Brasil. 

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes