Início Produção nos campos da Cessão Onerosa bate recorde e ultrapassa 1.003.794,40 barris de petróleo em novembro

Produção nos campos da Cessão Onerosa bate recorde e ultrapassa 1.003.794,40 barris de petróleo em novembro

17 de dezembro de 2021 às 09:14
Compartilhe
Siga-nos no Google News
petróleo - cessão onerosa - produção
estaca de pefuração

Os campos do contrato de Cessão Onerosa que produzem atualmente são Búzios, Atapu, Sul de Tupi e Sépia

No mês de novembro, a produção nos campos da Cessão Onerosa registrou um volume médio de 1.003.794,40 barris de óleo equivalente por dia (boe/d), ultrapassando pela primeira vez a marca de 1 milhão de boe/d. Foi o maior percentual de participação na produção nacional já registrado, correspondendo a 27,05% do total nacional, que foi de 3.710.774 boe/d no mês.

Leia também

Os campos do contrato de Cessão Onerosa que produzem atualmente são Búzios, Atapu, Sul de Tupi e Sépia. O campo de Búzios produziu 738.844,87 boe/d, Atapu registrou 157.793,84 boe/d, Sul de Tupi teve produção de 63.752,57 boe/d e Sépia produziu 43.403,11 boe/d em novembro. 

Esses e outros dados da produção nacional de petróleo e gás natural podem ser acessados nos Painéis Dinâmicos de Produção de Petróleo e Gás Natural, neste link.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Assista abaixo o vídeo de apresentação do Painel Dinâmico de Produção da ANP

O Painel Dinâmico de Produção de Petróleo e Gás Natural apresenta dados mensais e anuais consolidados, permitindo visualizar a evolução histórica da produção no país e também filtrá-la por campo, bacia, instalação, poço, estado, período de tempo, operador, entre outros. É possível também observar os principais parâmetros de movimentação de gás, como queima e injeção. Essas informações têm como fonte o Boletim Mensal de Produção, documento que traz dados declaratórios das operadoras, enviado até o 15º dia do mês seguinte. 

O que é a Cessão Onerosa   

A Cessão Onerosa é um regime de contratação direta de áreas específicas de petróleo da União para a Petrobras. A Lei n.º 12.276/2010 concedeu à Petrobras o direito de extrair até cinco bilhões de barris de áreas não concedidas localizadas no Pré-sal, conforme detalhado no Contrato de Cessão Onerosa, firmado entre a União e a Petrobras. 

Tendo em vista a constatação da existência de volumes totais de petróleo recuperável excedentes a esse volume, em quatro campos petrolíferos contratados sob esse contrato (Búzios, Atapu, Itapu e Sépia), o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) autorizou a ANP a licitar os volumes excedentes.   

A Primeira Rodada de Licitações dos Volumes Excedentes da Cessão Onerosa ocorreu em 2019, quando foram ofertados os direitos de exploração e produção sobre os volumes excedentes de petróleo das quatro áreas, sendo arrematados Búzios e Itapu.

Já a Segunda Rodada, na qual serão ofertados os direitos para Sépia e Atapu, acontecerá hoje (17/12). A Petrobras manifestou interesse em exercer o direito de preferência nas duas áreas, com percentual de 30% em cada uma. 

Relacionados
Mais recentes