Heineken espalha escritórios em SP além dos hubs de Itu e da Vila Olímpia, onde há os tradicionais bares com cerveja liberada, para garantir aos funcionários mais comodidade e oferecer opções de trabalho “fora de casa”

Flavia Marinho
por
-
14-08-2021 13:53:59
em Indústria e Construção Civil
heineken - bebidas alcoólicas - cervejaria - sp - cerveja Escritório Heineken em SP com bebida liberada para os funcionários / Imagem Exame

Heineken, a multinacional líder em fabricação de cerveja, transforma espaços dos seus centros de distribuição em diversas cidades paulistas em mini escritórios

Visando a qualidade de vida dos seus funcionários, a gigante produttora de bebidas alcoóicas Heineken, está espalhando novos escritórios por São Paulo para oferecer opções de trabalho fora de casa. Na época quando anunciou o home office definitivo para os funcionários administrativos, a holandesa sabia que os escritórios precisariam mudar seu propósito.

Leia também

Heineken reformou as unidades de Itu e da Vila Olímpia, na capital paulista, mesmo sem data oficial para voltar. A multinacional foca em áreas mais amplas para colaboração, e agora está transformando espaços dos seus centros de distribuição em diversas cidades paulistas em mini escritórios.

Heineken quer garantir aos funcionários mais comodidade e oferecer opções de trabalho “fora de casa”

A ideia do Grupo Heineken é garantir mais comodidade e oferecer opções de trabalho “fora de casa” além dos dois escritórios de Itu e da Vila Olímpia, onde há os tradicionais bares para momentos de descontração e conexão entre as pessoas.

Chamados de hubs, os novos “escritórios”, estão em obras nas cidades de Guarulhos, Embu das Artes e Sacomã. Eles devem ficar prontos até o fim do ano. Na cidade de Sumaré e no bairro paulistano de Sacomã, as obras já estão prontas.

Heinekem pretende usar os dois escritórios em funcionamento como aprendizado. Segundo a multinacional líder em fabricação de bebidas alcoólicas, a empresa conta com 18 postos em Sacomã e 28 em Sumaré.

Diversidade e inclusão

Raquel Zagui, a Vice-presidente de Pessoas do Grupo, conta que além de mais comodidade, há outro benefício com os mini escritórios. A Heineken acaba incentivando a diversidade e a inclusão porque tem pontos de trabalho físico em mais cidades e locais próximos à periferia.

Os funcionários administrativos do Grupo Heineken vão poder voltar aos dois escritórios maiores da empresa até duas vezes por semana depois que o retorno for anunciado.

Cervejaria Heineken irá iniciar obras de construção da nova fábrica, no estado de Minas Gerais e muitas vagas de emprego estão por vir

As obras para a construção da nova fábrica da Heineken, em Pedro Leopoldo, no estado de Minas Gerais, estão prestes a começar. Seis meses após o anúncio oficial da instalação de uma fábrica da Heineken no estado, a empresa está no aguardo da emissão de licenças por parte da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais

A empresa Tucumann Engenharia, da cidade de Curitiba, no Paraná, irá executar as obras e já disponibiliza vagas para a execução de atividades de terraplanagem e drenagem no terreno que receberá a fábrica. O novo empreendimento da Heineken já recebeu aportes de R$ 1,8 bilhão e será a 16ª fábrica do grupo no Brasil.

Em maio, foi noticiado que a cervejaria Heineken já havia adquirido um terreno do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), teria comprado uma área da Precon Engenharia, e negociava outras ao redor. Na época, a empresa não comentou o assunto, mas a reportagem teve acesso a documentos e informações que indicam que a construção será nas proximidades de onde seria o empreendimento. Uma fonte relacionada às negociações, que pediu para não ser identificada, detalhou que a instalação da cervejaria ocorrerá em uma junção de quatro terrenos.

A Heineken desta vez divulgou que, em breve, dará início à terraplanagem do terreno de sua futura fábrica em Pedro Leopoldo e que a empresa contratada está recrutando profissionais para esse trabalho. A empresa ressaltou que está aguardando a licença ser emitida pelo órgão responsável do estado de Minas Gerais.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe