Ford Motors, um dos mais importantes fabricantes de automóveis do mundo, é condenada no Brasil por vender Focus com câmbio que coloca vidas em risco

Flavia Marinho
por
-
14-01-2022 09:47:52
em Automotivo
Ford - Poweshift - câmbio - Volkswagen - preço - produção - Fiat - Ranger - Kombi - Uno - Doblo - Siena Trabalhador em fábrica da Ford

Há relatados no mundo todo de problemas com o câmbio automatizado Powershift dos carros da Ford. Os defeitos apareceram a partir de dois meses após a compra

A Ford, que no ano passado encerrou produção de veículos e saiu do país, foi condenada pela 13ª Vara Cível de Brasília, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), a indenizar um cliente que comprou um Focus que tinha o câmbio Powershift com defeito.

Leia também

O homem adquiriu o Ford Focus Hatch zero quilômetro por R$ 78,8 mil, em 2015, porém o carro apresentou problemas após dois meses de uso, como trepidação em retomadas de marcha, baixa rotação, superaquecimento e desgaste precoce da embreagem dupla.

Segundo o cliente, ele foi à concessionária mais de 10 vezes, mas o problema não foi resolvido.

Perito afirmou a possibilidade do defeito no câmbio automatizado Powershift Ford, colocar em risco a vida dos passageiros

Há relatados no mundo todo de problemas com o câmbio automatizado Powershift dos carros da Ford. O laudo da perícia em Brasilia incluso nos autos do processo judicial, diz que “o veículo se enquadra nos modelos que participam do programa de extensão de garantia da Ford, os quais têm histórico conhecido no mercado com problemas no câmbio Powershift”.

De acordo com o laudo do perito, o mesmo afirmou que, em razão do desgaste precoce causado nos componentes do sistema de transmissão, existe possibilidade de o câmbio colocar em risco a vida dos passageiros.

A juíza Vanessa Maria Trevisan entendeu que ficou demonstrada o vício de fabricação. A magistrada condenou a empresa a restituir R$ 77,9 mil corrigidos e R$ 10 mil por danos morais. A sentença foi publicada na última segunda-feira (10/01)

Após interromper produção de veículos e largar o país, Ford Motor desembarca 450 carros no porto do ES e vai trazer 30 mil veículos para o Brasil produzidos em fábricas no exterior

Após deixar de fabricar veículos e fechar suas fábricas no Brasil, a montadora Ford Motor passa a importar veículos pelo Porto de Vitória. Na semana passada, aconteceu o desembarque de 450 carros, que chegaram ao Estado pelo navio Torrens. A estimativa é de que cheguem ao Brasil, via Espírito Santo, aproximadamente 30 mil carros por ano.

Desembarque de 450 veículos da Ford, vindos da China, em evento, simboliza o início da importação de 30 mil carros da marca pelo Porto de Vitória, este ano.

Chegaram ao porto de Vitória, no dia 18 de maio de 2021, os primeiros veículos da montadora americana. Antes, a Ford trazia seus carros através da Baixada Santista e Bahia.

Agora, o Terminal Portuário de Vila Velha (ES) será a única porta de entrada da Ford no Brasil. Segundo a Log-In Logística, empresa responsável pela operação, o complexo receberá, anualmente, cerca de 28 mil e 30 mil carros da empresa americana.

“Viemos acompanhar e celebrar a importância da importação dos veículos da Ford no Espírito Santo. Serão, ao todo, cerca de 30 mil veículos por ano, importados aqui pelo Estado que se somam a outras marcas, que já são importadas por aqui. Isso fortalece a economia capixaba, a de Vila Velha e também a de Cariacica. Quanto mais capacidade de investir, mais capacidade para criar oportunidades aos capixabas”, destacou.

Publicidade




Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe