Shell Brasil fecha parceria com a Copergás e se torna a primeira petroleira privada do pré-sal a vender gás direto a distribuidoras

Flavia Marinho
por
-
25-08-2021 08:52:58
em Petróleo, Óleo e Gás
shell - copergás - gás natural - preço - pré sal - preçol Shell se torna a primeira petroleira privada do pré-sal a vender gás direto a distribuidoras

A gigante do petróleo Shell prevê entregar 750 mil metros cúbicos por dia (m³/d) à companhia pernambucana em 2022 e 1 milhão de m³/d em 2023  

A gigante do petróleo Shell, a segunda maior produtora de gás natural no Brasil, e a Companhia Pernambucana de Gás (Copergás) assinaram ontem (25/08) um acordo de suprimento de gás natural válido para os anos de 2022 e 2023, juntando-se à Petrobras como fornecedora do produto do pré-sal diretamente a uma concessionária.

Leia também

Os volumes contratados pela Copergás – 750 mil m³ diários a partir de janeiro de 2022 e 1 milhão de m³ diários em 2023 – fazem parte do primeiro lote de contratação previsto no edital da chamada pública.

Shell Brasil possui também um dos maiores portfólios globais de Gás Natural Liquefeito (GNL), que serão as duas alternativas de suprimento para a Copergás.

“Para a Shell Brasil, este primeiro acordo com uma distribuidora estadual de gás natural é uma demonstração de confiança em nosso suprimento. Ao mesmo tempo aumenta o número de potenciais supridores no mercado brasileiro e ajuda a reforçar a segurança energética do país com mais gás natural, um importante combustível de transição, e viabiliza o suprimento de gás desde o pré-sal até o estado de Pernambuco,” afirmou André Araujo, presidente da Shell Brasil. “Pernambuco conta com um parque industrial diversificado e em crescimento, e para diversos setores, o gás natural é um insumo estratégico,” acrescentou.

Parceria com a Shell Brasil dáoferece a Copergás uma posição de destaque no cenário nacional

De acordo com o presidente da Copergás, André Campos, com essa iniciativa pioneira, a empresa pernambucana “assume posição de destaque no cenário nacional”, ao firmar esse primeiro acordo, pós nova Lei do Gás, para suprimento do produto. “A Copergás, além da diversificação dos supridores, busca proporcionar aos seus usuários maior competitividade e estabilidade de preços, frente às oscilações do petróleo no mercado internacional”, argumentou Campos.

A Copergás lançou o edital de suprimento no dia 17 de setembro de 2020, com o objetivo de diversificar os supridores do combustível e buscar preços mais competitivos, favorecendo o mercado em geral e os consumidores finais. Oito empresas se inscreveram, apresentando 18 propostas.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe