Início Rio de Janeiro registra aumento acima de 7% e o preço da gasolina chega a quase R$ 8, atingindo a segunda maior média da região sudeste

Rio de Janeiro registra aumento acima de 7% e o preço da gasolina chega a quase R$ 8, atingindo a segunda maior média da região sudeste

16 de dezembro de 2021 às 10:59
Compartilhe
Siga-nos no Google News
gasolina - etanol - diesel - preço - combustível
preço da gasolina, etanol e diesel no Rio de Janeiro é o maior da região

Gasolina foi comercializada a R$ 6,975 no Rio de Janeiro em novembro, já o preço do etanol registra R$ 6,473 nas bombas e se torna o terceiro mais alto do país

Disparadas constantes no preço da gasolina, etanol e diesel não dão uma trégua para o bolso dos brasileiros. De acordo com o mais recente levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), a gasolina comercializada na Região Sudeste em novembro apresentou um aumento de 7,16% em relação ao mês anterior. O combustível foi encontrado a R$ 7,330 nos postos, ficando atrás apenas das médias registradas na Região Centro-Oeste.

Leia também

O Rio de Janeiro se destacou com o maior preço médio da gasolina em novembro. O combustível foi comercializado a R$ 7,330 nos postos fluminenses. Já em São Paulo, apesar do aumento de 7,46% registrado para a gasolina, o preço médio nas bombas foi de R$ 6,456, o menor entre os demais Estados da Região.

Gasolina não é o único vilão: Rio de Janeiro registra aumento expressivo de 10,93% para o etanol que atinge R$ 6,473 nas bombas

O mesmo cenário se repetiu para o etanol, que foi encontrado com as menores médias nos postos paulistas, a R$ 5,302, mesmo com alta de 13,19% em relação ao mês anterior. O Rio de Janeiro também registrou um aumento expressivo de 10,93% para o combustível, que foi comercializado a R$ 6,473, média mais cara no balanço regional.

“Há alguns meses, o IPTL vem apontando uma alta crescente no preço médio da gasolina comercializada no Sudeste. Apesar dessa constância, quando comparada ao etanol na relação 70/30, a gasolina é a opção mais vantajosa para o bolso do consumidor que abastece em todos os quatro estados da região, de acordo com a Ticket Log”, aponta Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

Diesel dá uma trégua para o bolso dos consumidores apresentando as menores variações

O diesel comum e o diesel S-10 apresentaram as menores variações de preço no Sudeste, com média de 6,46% de alta. Bem como no fechamento do mês de outubro, os dois tipos de diesel foram encontrados com o maior valor médio nos postos mineiros, a R$ 5,486 o comum e R$ 5,558, o tipo S-10. Já o Rio de Janeiro, apresentou os menores preços para ambos os combustíveis – o diesel comum foi comercializado a R$ 5,324 e o S-10 a R$ 5,399. As bombas paulistas também registraram média de R$ 5,324 para o diesel comum. No balanço nacional, o tipo comum foi vendido a R$ 5,368 e o S-10 a R$ 5,453.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes