PetroRio compra fatia da BP Energy em Itaipu e Wahoo e se torna a operadora de ambos os campos de pré-sal

Flavia Marinho
por
-
19-11-2020 09:32:45
em Petróleo, Óleo e Gás
PetroRio compra fatia da BP Energy em Itaipu e Wahoo e se torna a operadora de ambos os campos de pré-sal PetroRio compra fatia da BP Energy em Itaipu e Wahoo e se torna a operadora de ambos os campos de pré-sal

A aquisição da Petro Rio nos campos do pré-sal está sujeita a aprovações regulatórias e outras condições precedentes usuais, terá uma parcela fixa de US$ 100 milhões, que será dividida em 5 pagamentos

A Petro Rio informou em fato relevante, na manhã deste dia (19/11), sobre a compra da fatia de 35.7% no Bloco BM-C-30 em Wahoo, e de 60% no Bloco BM-C-32 no campo de Itaipu, pertencentes a BP Energy, se aprovado, a Petro Rio se torna a operadora de ambos os campos de pré-sal. Petrobras tem aval do Cade para vender sua subsidiária Liquigás, a líder no mercado nacional de distribuição de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP)

Leia também

Esta transação, sujeita a aprovações regulatórias e outras condições precedentes usuais, terá uma parcela fixa de US$ 100 milhões, que será dividida em 5 pagamentos (US$ 17,5 milhões divididos entre a assinatura e a conclusão da transação – closing – uma vez que todas as condições estejam satisfeitas; US$ 15 milhões em dezembro de 2021; com o remanescente a ser pago em 2022), além de um earn-out de US$ 40 milhões contingente na unitização (ou first oil) de Itaipu.

Sobre Wahoo

Wahoo, com potencial para produzir mais de 140 milhões de barris (100% do campo), com descoberta de óleo em 2008, e teste de formação realizado em 2010, se encaixa perfeitamente na estratégia de geração de valor da PetroRio. Com o desenvolvimento do campo, a Companhia formará mais um cluster de produção, e compartilhará toda a infraestrutura com o Campo de Frade (inclusive o FPSO), possibilitando assim a captura de diversas sinergias resultando em mais uma forte e sustentável redução de lifting cost, sempre mantendo os mais altos padrões de segurança e eficiência.

Wahoo se situa 30-35km ao norte de Frade, com lâmina d’água de 1.400m, e conta com reservatório carbonático na camada do pré-sal a uma profundidade de 5 a 7 mil metros. O óleo n campo é de excelente qualidade, com 30º API, baixa viscosidade, e gás associado que será utilizado na geração de energia do FPSO de Frade.

Sobre Itaipu

Itaipu, descoberto em 2009, com 3 poços piloto perfurados, se encontra próximo ao cluster Parque das Baleias, e estudos preliminares realizados indicam que a acumulação é potencialmente compartilhada com a região sudeste do cluster. Desta forma, o desenvolvimento desta área poderá passar por um processo de unitização, antes de qualquer definição de desenvolvimento.

Histórico e Projeto de Interligação de Wahoo

Em 2008, a Anadarko (então operadora do consórcio) concluiu a fase de exploração, descoberta, mapeamento e avaliação em Wahoo. Quatro poços piloto foram perfurados no reservatório de Wahoo, delineando o mesmo, e destes, três tiveram descoberta de óleo, com subsequente teste de formação (TFR). Nessa época, também foi concebido um sistema independente de produção, contando com FPSO próprio.

Durante o processo de avaliação da oportunidade de investimento, a PetroRio verificou a possibilidade de interligação de Wahoo com Frade e concebeu assim, um novo projeto de desenvolvimento contando com a infraestrutura já existente, completamente alinhado à sua estratégia de geração de valor.

O projeto base de interligação de Wahoo contempla a perfuração de quatro poços produtores, dois poços injetores, a instalação de manifold submarino com bombas multifásicas para o escoamento do óleo produzido e da água injetada, e o tieback entre o manifold e o FPSO de Frade.

A Petro Rio estimou uma produtividade média inicial superior a 10,000 barris por dia por poço e uma produção que poderá superar os 40,000 barris por dia em Wahoo, baseado nos resultados do teste de formação (TFR) realizado em poço exploratório.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.