Petrobras tem aval do Governo para importar gás da Bolívia

Flavia Marinho
por
-
28-10-2020 12:40:11
em Petróleo, Óleo e Gás
petrobras - gás- bolívia Ministério de Minas e Energia, autoriza a petroleira Petrobras, a importar gás natural da Bolívia. A autorização, válida até o final de 2020

Ministério de Minas e Energia, autoriza a petroleira Petrobras, a importar gás natural da Bolívia. A autorização, válida até o final de 2020

A petroleira brasileira Petrobras ganha aval do Ministério de Minas e Energia para exercer atividades de importação de gás natural da Bolívia em volume total de até 10,08 milhões de metros cúbicos por dia. COVID-19 pode sucatear um quarto da frota global de unidades offshore de perfuração

Leia também

A autorização dada pelo governo à estatal, foi publicada pela pasta no Diário Oficial da União desta quarta-feira e tem prazo máximo de validade até o final de 2020.

O aval envolve ainda, a autorização que dá direito a Petrobras importar um adicional de até 1 milhão de metros cúbicos por dia do produto para uso no sistema de transporte.

Segundo a publicação do governo, o gás natural a ser importado do país vizinho, terá como mercado potencial o atendimento à demanda de usinas termelétricas, com transporte através do gasoduto Bolívia-Brasil.

O local de entrega do insumo será na fronteira entre os dois países em Corumbá, no Mato Grosso.

A Petrobras deverá apresentar à reguladora Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) relatórios sobre as operações de importação realizadas, incluindo volumes diários.

Compass Gás e Energia quer comprar fatia da Petrobras na Gaspetro

Após anunciar investimento bilionário em São Paulo, para levar gás do pré-sal a baixada Santista, a Cosan informou ontem (26/10) que a sua controlada, a Compass Gás e Energia, apresentou proposta no processo competitivo de desinvestimento promovido pela Petrobras.

A petrolífera pretende comprar fatia de 51 % da Petrobras na Gaspetro. Além da Petrobras, a Gaspetro possui como acionista a japonesa Mitsui, com participação de 49%.

A Petrobras deu início ao processo de venda de sua fatia na Gaspetro no final de fevereiro, tendo iniciado a fase vinculante em julho após um adiamento em meados de março, quando a petroleira chegou a reabrir a fase de habilitação de interessados.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.