Para atender setor de petróleo e gás, operações logísticas offshore para plataformas e navios são reforçadas pela OMNI Táxi Aéreo

Petróleo e gás - offhsore - navios - logística OMNI Táxi Aéreo


A aeronave chegou ao país e está programada para realizar missões de logística em navios, transporte de passageiros para a indústria offshore de petróleo e gás

Sempre apostando na inovação, a Omni Taxi Aéreo acaba de adicionar o primeiro modelo H175 à sua frota de helicópteros. Fabricado na França pela Airbus Helicopters, a aeronave super média, com capacidade para transportar confortavelmente 16 passageiros para navios na indústria offshore de petroleo e gás, é a primeira do tipo a operar na América do Sul.  

Leia também

Omni Taxi Aéreo e o seu novo contrato com a indústria offshore de petróleo e gás  

A aeronave chega ao Brasil para cumprir o novo contrato da Omni com a Petrobras, na operação nos navios, principalmente no transporte de passageiros e cargas na região amazônica, onde a petroleira desenvolve atividades da indústria offshore de óleo e gás.

A aeronave conta com equipamentos de última geração, alinhados às melhores e mais modernas práticas da indústria aeronáutica, como TCAS 2 e câmeras externas para monitoramento das operações.

O CEO da Omni, Roberto Coimbra, disse que o H175 tem alcance “para atingir 100 por cento das instalações offshore do Brasil e [com] equipamentos de alta tecnologia a bordo é uma aeronave muito promissora” para atender o mercado brasileiro de petróleo e gás.

“Com atualmente 40 aeronaves em serviço acumulando mais de 85.000 horas de vôo, o H175 estabeleceu novos padrões para operações offshore em todo o mundo e agradeço a Omni por apresentar a aeronave ao importante mercado brasileiro de petróleo e gás”, disse a Airbus Helicopters Oil and gás vp Regis Magnac.

Como o H175 suprirá as demandas do setor de petróleo e gás, operações logísticas offshore para plataformas e navios?

De forma resumida, o H175 foi projetado para atender principalmente o mercado de energia offshore e pode transportar 16 passageiros em até 160 nm.

A aeronave está equipada com o conjunto de aviônicos Helionix da Airbus, piloto automático de quatro eixos e pode realizar aproximações de plataforma de petróleo totalmente automáticas no modo Rig’N Fly.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.