PetroRio contrata a Omni taxi aéreo e utilizará Aeroporto de Macaé

Aeroporto de Macaé terá voos para campo de Frade

Voos partirão do recém reformado aeroporto de Macaé e contrato envolve transporte de mão de obra e cobertura aeromédica para o campo de frade, na bacia de Campos

A Petroleira brasileira PetroRio fechou contrato com a Omni Taxi Aéreo para transporte de equipes que realizam as operações no campo de Frade na bacia de Campos.
A Omni Taxi Aéreo vai decolar do aeroporto de Macaé, no norte do estado do Rio de Janeiro, que recentemente foi incluído no bloco sudeste de concessões da ANAC e arrematado pela suiça Zurich Airport.

Não é o primeiro contrato da Omni com a Petrorio, a empresa de taxi aéreo já presta serviços á petroleira no campo de Polvo, também na bacia de Campos.

A Omni vai utilizar aeronaves do modelo S76C++ com capacidade para 12 passageiros para transporte de equipes e para resgates aeromédicos, além de aeronave para possíveis transportes de carga.

O diretor da Omni, Roberto Coimbra, destacou a parceria e o fato de ter sido contemplado com mais um contrato com a PetroRio devido ao alto grau de qualidade nos serviços prestados no campo de Polvo e comemorou a exclusividade nos voos offshore da PetroRio.

O aeroporto de Macaé

O aeroporto de Macaé segue sendo o ponto de partida para as atividades offshore da bacia de Campos, e confirma o que pensavam os suiços da Zurich Airport, em relação ao aumento das operações no terminal quando o mercado de óleo e Gás estiver reaquecido.

Vale lembrar que a oferta da Zurich Airport foi de R$ 437 milhões, ultrapassou em R$ 2 milhões a expectativa do governo federal e foi arrematado o bloco sudeste que envolviam os aeroportos de Vitória, no Espírito Santo e o de Macaé, no Rio de janeiro.

Porto do Açu se aproxima da China e fecha acordo de cooperação com o Porto de Guangzhou ! Leia os detalhes do negócio aqui !

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki) inspecionando e acompanhando técnicas de fabricação e montagem de estruturas/tubulações/outfittings(acabamento avançado) para casco de Drillships