Em Sergipe, Petrobras avança com a venda de 3 mil poços de petróleo, 17 estações de tratamento de óleo, estação de gás, Terminal Aquaviário, gasodutos e oleodutos

Flavia Marinho
por
-
19-11-2020 23:21:15
em Petróleo, Óleo e Gás
Em Sergipe, Petrobras avança com a venda de 3 mil poços de petróleo, 17 estações de tratamento de óleo, estação de gás, Terminal Aquaviário, gasodutos e oleodutos Petrobras avança na venda de Carmópolis, o maior campo de petróleo terrestre do Brasil. As instalações estão localizadas na Bacia Sergipe-Alagoas

Petrobras avança na venda de Carmópolis, o maior campo de petróleo terrestre do Brasil. As instalações estão localizadas na Bacia Sergipe-Alagoas

A Petrobras anunciou em fato relevante nesta noite (19/11) a fase não-vinculante referente à venda da totalidade de suas participações no Polo Carmópolis, que inclui 11 concessões de campos de produção terrestres e as instalações integradas de produção, com campos localizados em Sergipe. PetroRio compra fatia da BP Energy em Itaipu e Wahoo e se torna a operadora de ambos os campos de pré-sal

Leia também

A Petobras informou em comunicado enviado ao mercado, que os potenciais compradores habilitados para essa fase receberão instruções sobre o processo de desinvestimento, incluindo informação para o envio de propostas.

“Essa operação está alinhada à estratégia de otimização de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, passando a concentrar cada vez mais os seus recursos em ativos de classe mundial em águas profundas e ultra profundas, onde a Petrobras tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos”, disse a estatal.

Conforme a Petrobras, a operação está alinhada à sua estratégia de otimização de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia. Isso porque a estatal está passando a concentrar cada vez mais os seus recursos em ativos em águas profundas e ultra profundas.

Sobre Carmópolis localizadas na Bacia Sergipe-Alagoas

Carmópolis é o maior campo terrestre do Brasil, com um volume original de 1,76 bilhão de barris de óleo equivalente. É também o mais antigo de Sergipe, com início da produção em 1963. Em 2017, após revisar o plano de desenvolvimento do campo, a Petrobras estimava que o fator de recuperação poderia chegar a 32%

Segundo o comunicado da Petrobras, estão incluídos na oferta 3 mil poços de petróleo em produção, 17 estações de tratamento de óleo, uma estação de gás em Carmópolis, aproximadamente 350 km de gasodutos e oleodutos.

Além disso, também está entre os ativos o Polo Atalaia, que inclui o Terminal Aquaviário de Aracaju (Tecarmo), uma unidade de processamento de gás natural e uma estação de processamento de óleo. Outros ativos são o oleoduto Bonsucesso-Atalaia, com 48,6 quilômetros de extensão, e que escoa a produção das concessões até o Tecarmo.

Adicionalmente, estão incluídas todas as instalações de produção contidas no ring-fence (conjunto de ativos) das 11 concessões e a titularidade de parte dos terrenos.

Entre janeiro e setembro deste ano, a produção do Polo Carmópolis foi de 10 mil barris de petróleo por dia, e de 73 mil metros cúbicos de gás natural. A Petrobras é a operadora dos campos, com 100% de participação.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.