Vazamento de petróleo e gás na plataforma P-65 da Trident Energy em Campos

Flavia Marinho
por
-
22-01-2021 13:55:24
em Petróleo, Óleo e Gás
trident energy - petróleo e gás - plataforma - bacia de campos




ANP confirmou o vazamento de petróleo e gás em plataforma da Trident Energy em Campos. Incidente foi controlado e não houve impactos sobre trabalhadores


Como já noticiado por nós do Click Petróleo e Gás em primeira mão, a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) confirmou na última quarta-feira (20/01) que a plataforma de petróleo P-65 operada pela Trident Energy na Bacia de Campos registrou um vazamento de petróleo e gás. De acordo com a agência a unidade foi paralisada na sequência e não houve impactos sobre trabalhadores.

Leia também

No vídeo gravado, por trabalhadores do campo de Enchova, que fica ao lado da P-65, é possível ver focos de incêndio e uma fumaça negra tanto no mar quanto na plataforma.

Segundo a ANP, “Houve um vazamento de gás na linha da tocha (flare) da P-65, operada pela Trident, e o gás continha óleo”, em continuação a ANP explica que “Ocorreu a ignição da mistura de gás e óleo vazada, pelo flare, ocasionando a fumaça escura vista no vídeo divulgado. A planta foi imediatamente parada e despressurizada, e o incidente está controlado. Não houve mortos ou feridos no acidente”.

Sindipetro cobra explicações sobre a Trident Energy o incidente da plataforma de petróleo e gás P-65

O Sindipetro-NF disse que cobrou uma posição da Trident sobre o ocorrido, como representante de trabalhadores embarcados na plataforma de petróleo P-65.

“A plataforma ficou em chamas, foram derramados vários litros no mar, que ficou também em chamas”, disse o presidente do Sindipetro-NF, Tezeu Bezerra, que definiu o ocorrido como “acidente gravíssimo”.

A P-65 pertencia à Petrobras, que concluiu a venda do ativo à Trident em julho de 2020, juntamente com dez campos que compõem os Polos Pampo e Enchova e outras plataformas, na Bacia de Campos, como parte do bilionário plano de desinvestimentos da petroleira estatal.

A Trident Energy, que recebeu investimentos da empresa de private equity Warburg Pincus, tem como foco a exploração de ativos maduros de petróleo e gás, com ativos na América Latina e na África, segundo informações do site da companhia.

Veja o vídeo o incidente, no domingo (17/01), chegou a deixar focos de fogo no mar

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.