Home > Sem categoria

PetroRio conclui aquisição da Frade Japão Petróleo e passa a ter 70% do Campo de Frade

Paulo Nogueira
por
-
03-10-2019 01:00:20
em Sem categoria
PetroRio petróleo Frade Japão Campo de Frade

A PetroRio replica o sucesso do Campo de Polvo em Frade, tornando o campo mais rentável e aumentando sua vida econômica.

Nesta quarta-feira, 02 de outubro, a PetroRio informou que foi concluída a aquisição da Frade Japão Petróleo Limitada (FJPL), detentora da participação de 18,26% da concessão e dos ativos operacionais do Campo de Frade.  A Produção da Petroleira brasileira cresceu 36 por cento e atinge 20,2 mil barris por dia.

A partir desta data, o resultado econômico proveniente da participação de 18,26% no Campo de Frade passa a ser contabilizado e incorporado nas demonstrações financeiras da Petro Rio.

“A aquisição representa mais uma etapa de sucesso na execução da estratégia de crescimento da Petro Rio, através da aquisição e desenvolvimento de campos produtores”, afirmou a petroleira.

As reservas da Petro Rio terão acréscimo de 16 milhões de barris 2P e a produção terá um aumento de 3,5 mil barris por dia, considerados os resultados dos últimos três meses no Campo.

Desde a aquisição da operação do campo em março de 2019, a PetroRio já capturou parte das reduções significativas de custos por meio de sinergias operacionais terrestres, aéreas e marinhas ao longo do 2T19 e 3T19, impactando o resultado do segundo de 2019.

“Com isso, a Companhia replica o sucesso do Campo de Polvo em Frade, tornando o campo mais rentável e aumentando sua vida econômica”, destacou a Petro Rio.

A companhia investe 20 milhões de dólares no campo de Polvo

A segunda-feira (30/09) foi de boas notícias ao setor de petróleo e gás offshore brasileiro. A petroleira nacional PetroRio, anunciou investimento de US$ 20 milhões no campo de Polvo, na bacia de Campos.

O montante será investido na terceira fase de revitalização do ativo, o que envolverá uma campanha de perfuração, outra boa notícia para as sondas que aguardam por contratos em águas brasileiras.

Após um estudo que apontou 22 oportunidades de perfuração adicional no campo de Polvo, estima-se que sejam necessários até quatro poços para que os volumes do ativo aumentem para algo em torno de 3 milhões e 6 milhões de barris de óleo.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.