Produção da PetroRio cresce 36 por cento e atinge 20,2 mil barris por dia

petrorio

Aumento na produção da PetroRio no segundo trimestre se deveu ao campo de Frade que compensou a queda nos campos de Polvo e Manati

Em nota oficial na manhã desta terça-feira (09/07), a PetroRio informou o aumento de 36% em sua produção total de petróleo e Gás (boe) no segundo trimestre de 2019.
O salto foi de 36% e deveu-se ao aumento de produção do campo de Frade, cuja média passou de 14,953 barris de óleo equivalente por dia (boe/d) de janeiro a março de 2019 para 20.272 boe/dia de abril a junho.

Outro fato comemorado pela petroleira brasileira foi o alcance do recorde de venda de petróleo, que atingiu ais de 2 milhões de boe no segundo trimestre, contra 544,6 mil boe no trimestre anterior.
Vale lembrar que, no início do ano, a PetroRio adquiriu a participação da Chevron no campo de Frade, e o ativo se somou ao portfólio da empresa, que já tem o campo de Polvo, também na bacia de Campos e o campo de Manati, na bacia de Camamu-Almada, na Bahia.

Expectativa de mais aumento

A expectativa da PetroRio, porém é de ainda aumentar a produção do campo de Frade, que foi de 9,824 mil boe no período, com a perfuração de novos poços no ano que vem.

Em relação ao campo de Polvo, que ocupa o posto de segundo produtor da companhia, com 8,523 mil boe dia, a PetroRio também planeja aumentar sua produção para o segundo semestre deste ano, realizando uma nova campanha de perfuração.

A produção do campo de Polvo teve queda se comparada ao primeiro trimestre, quando a produção foi de 9,567 mil boe/dia e em relação ao campo de Manati, a produção caiu de 2,033 mil boe dia para 1,925 boe dia do primeiro trimestre para o segundo.
A explicação da empresa na nota oficial, foi de que a demanda de seu cliente (Petrobras) foi menor e que isto está previsto em contrato, com uma remuneração miníma de 2.400 boe dia.

Leia aqui ! Alívio para o bolso: Petrobras reduz hoje os preços da gasolina e do diesel !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)