Petrobras tem expectativas para perfurar pelo menos três poços de petróleo, na foz do Amazonas, até final de 2022

Roberta Souza
por
-
17-05-2021 19:07:08
em Petróleo, Óleo e Gás
Petrobras – petróleo - Amazonas Logo da Petrobras e Rio Amazonas/ Fonte: Reprodução

A Petrobras planeja começar a perfuração em poços de petróleo e espera conseguir a licença ambiental na foz do Amazonas no início do ano que vem

A Petrobras possui planejamento para começar a perfuração em poços de petróleo na bacia da foz do Rio Amazonas no próximo ano. Tal ação é duramente criticada por ambientalistas, e o anuncio foi divulgado na última sexta-feira, em conferência de imprensa, por Fernando Borges, diretor de Comercialização e Logística da estatal. Borges afirmou que a Petrobras espera receber a licenciatura ambiental no início de 2022 para começar as atividades de perfuração no fim do ano que vem. Leia ainda: Venda de refinaria da Petrobras na Bahia foi autorizada pelo TCU, segundo ministro do MME

Petrobras pretende conseguir a licença ambiental para explorar petróleo na foz do Rio Amazonas

Segundo Fernando Borges, a expectativa da Petrobras é conseguir a licença ambiental no início de 2022, e a previsão é que possam iniciar uma campanha de perfuração de pelo menos três poços exploratórios de petróleo até ao final do mesmo ano. Ele ainda ressaltou que o trabalho da estatal com o Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) está bem evoluído.

O diretor de Comercialização e Logística da Petrobras ainda diz que a estatal tem tido bastante entrega no sentido de atender aos requisitos de licenciamento em um área sensível como aquela, demonstrando segurança na ação. Vale ressaltar que, anteriormente, a petroleira francesa Total fez o mesmo pedido para explorar os blocos exploratórios de petróleo na foz do Rio Amazonas.

Gigante francesa do ramo de petróleo teve resposta negativa do Ibama nas explorações em blocos de petróleo

No fim de 2018, a francesa Total obteve uma resposta negativa do Ibama, alegadando que havia risco de danos irreparáveis nos recifes biogênicos presentes na região da foz do Rio Amazonas e à biodiversidade marinha de forma mais ampla. A empresa de petróleo francesa operava, anteriormente, cinco blocos exploratórios de petróleo na região e eram próximos a um grande sistema de corais que foram descobertos em 2016.

Em 2020, a Total vendeu sua participação na Foz do Amazonas para a Petrobras, sendo que a estatal já era sócia das concessões. Fernando Borges ainda cita que a Petrobras possui mais conhecimento das bacias brasileiras e está fazendo um trabalho robusto de estudo nos impactos ambientais e planos de emergência.

A bacia de petróleo da Foz do Amazonas ficou cada vez mais cobiçada após a descoberta de gigantes reservas de petróleo na Guiana, no ano de 2015, pela gigante do petróleo americana ExxonMobil. No ano passado, a Total havia descoberto também no Suriname outras reservas.

Veja ainda: Açú Petróleo fecha contrato com a Petrobras para exportar 240 milhões de barris de petróleo em dois anos

A Petrobras fechou contrato com o porto de Açu, em São João da Barra, no Rio de Janeiro, para aumentar em 140% as exportações de petróleo. A Açu Petróleo, parceira da multinacional alemã Oiltaking e da Prumo Logística, informou que a Petrobras começará a embarcar cerca de 240 milhões de barris de mercadorias (cerca de 300 mil barris por dia), pelo complexo portuário do Açu, em dois anos.

Para atender à demanda de exportação de petróleo, a Açu Petróleo prevê ainda construir um depósito de petróleo e ligá-lo à malha existente do local por dutos. Esta é a segunda vez que a Petrobras pede o aumento das exportações pelo porto do Açu, impulsionadas pelo aumento da produção de petróleo e pelo atendimento da demanda do mercado externo.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos