Obras das usinas de energia solar no interior de SP devem iniciar ainda este ano

Valdemar Medeiros
por
-
12-02-2021 07:42:20
em Energia Renovável
Energia solar - usinas - SP

placas fotovoltaicas

Após aprovação do financiamento do BNDES De 191 milhões para as usinas de energia solar no interior de SP, portal da Powertis da indícios de início ainda este ano.

Com financiamento de R$ 191 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a empresa espanhola Powertis S.A. vai construir três usinas fotovoltaicas, com capacidade instalada de 90 megawatts (MW) de energia, no município de Pedranópolis (SP).

ANÚNCIO

Leia também

As usinas de energia solar produzirão energia renovável para abastecimento de 125 mil residências. As obras deverão gerar cerca de 1,4 mil empregos, informou o BNDES, por meio de sua assessoria de imprensa. O complexo tem entrada em operação prevista para dezembro de 2021.

O projeto das usinas no interior de São Paulo

A Powertis pertence ao grupo Soltec Brasil – Indústria, Comércio e Serviços de Energia Renováveis Ltda. De acordo com o BNDES, esse é o segundo financiamento aprovado pela instituição à empresa para projetos de geração solar. Em outubro passado, o banco aprovou crédito para a construção do Complexo Fotovoltaico Araxá (MG), no valor de R$ 194 milhões.

Segundo a superintendente da Área de Energia do BNDES, Carla Primavera, a aprovação desse novo financiamento para o Complexo Fotovoltaico Pedranópolis, “traduz o compromisso do BNDES com o desenvolvimento de fontes de energia limpas e renováveis”.

Mais de 1.400 vagas de empregos serão geradas na indústria de energia solar

O projeto das usinas de energia solar será implantado no município de Pedranópolis, no Noroeste de São Paulo, e deverá gerar quase 1.400 empregos. A entrada em operação está prevista para dezembro de 2021.

O Complexo Fotovoltaico Pedranópolis é um investimento da Powertis,  empresa de origem espanhola pertencente ao mesmo grupo da fabricante de  suportes de painéis solares Soltec Brasil.

Esse é o segundo financiamento do BNDES para projetos de geração solar à empresa. Em outubro, o BNDES também aprovou o crédito para a construção do Complexo Fotovoltaico Araxá (MG), no valor de R$ 194 milhões.


⇒ Participe dos nossos grupos do Telegram e fique atento a todas as notícias do mercado de energia, empregos, projetos e outros assuntos microeconômicos do Brasil. Nossas informações sempre são direto das fontes e atualizadas. Acesse o Nosso Telegram aqui.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.