Gás natural ganhará financiamento do BNDES para construção das rotas 4, 5 e 6

Gás natural

BNDES apoiará projetos de construção de gasodutos que visam ampliar a capacidade de escoamento da produção gás natural offshore no país.

O programa do governo que visa fazer do gás natural uma alavanca para desenvolvimento do país acaba de ganhar um grande reforço.
O BNDES vai financiar projetos de infraestrutura do setor de gás natural, tais como os gasodutos chamados de rotas 4, 5 e 6, que farão escoamento da produção de gás natural dos campos offshore do Brasil.

O financiamento é parte do programa BNDES Gás para o Desenvolvimento e haverão financiamentos  também em linhas de transporte e ramais de distribuição, além de projetos industriais, de geração elétrica, no comércio e em veículos.

Demanda por gasodutos

Um estudo da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) que presta serviço para o Ministério das Minas e Energia indicou a saturação das rotas de escoamento do gás do pré-sal a partir de 2025, e indicou seis novos gasodutos como rotas adicionais que escoariam entre 30 milhões e 45 milhões de m3 por dia de gás natural.

A superintendente de Energia do BNDES, Carla Primavera, declarou, em entrevista ao Energia Hoje, “O BNDES vem acompanhando de perto os movimentos do mercado e está preparado para apoiar a ampliação dessa infraestrutura”.
“Apoiamos a construção de 6 mil dos 9 mil km de gasodutos de transporte existentes no país, incluindo projetos como o Gasoduto Bolívia-Brasil, as malhas Nordeste e Sudeste, o Gasoduto Sudeste-Nordeste (Gasene), e o Urucu-Manaus”, e finaliza, “Também apoiamos a expansão das redes de distribuição de gás natural em diversos estados brasileiros”.

A privatização e distribuidoras de gás dos estados também fazem parte do apoio do BNDES em relação aos projetos que devem ser acelerados em função da pressa do governo em implantar o programa Novo Mercado de Gás.

Leia também aqui no seu portal CPG ! Petrobras assina segundo contrato com a Weatherford em menos de 30 dias !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)