Nova solução para o transporte marítimo: O biometano é recurso com baixa emissão de carbono oferecido pela CMA CGM em parte de sua frota de navios

Paulo Nogueira
por
-
11-04-2021 13:06:20
em Logística e Transporte, Marítimo
CMA CGM transporte marítimo biometano carbono navios Navio movido a GNL Jacques Saadé/ Fonte: CMA CGM

Hoje em dia, o GNL é a escolha perfeita à disposição para diminuir a pegada de carbono do transporte e preservar a qualidade do ar

A fim de ajudar na redução de gás carbônico, a CMA CGM está trazendo uma nova opção para o mercado de transporte marítimo e outras modalidades logísticas. O biometano, que é um gás proveniente do biogás, é alcançado ao retirar o vapor de água, gás carbônico, sulfeto de hidrogênio e tem capacidade maior de combustão do que o biogás. Esta energia não fóssil é a melhor opção para a isenção de carbono ao transportar por navios.

Assista o vídeo institucional da CMA CGM sobre a nova modalidade (Ative as Legendas)

Com grande influência no pacto global da ONU, Rodolphe Saadé, presidente e CEO do grupo CMA CGM, que é líder mundial em transporte e logística, mostrou resultados que contribuirão instantaneamente para os objetivos da COP26 de ser neutro em carbono até o ano de 2050.

O que é o biometano na missão de reduzir CO2?

O biometano é o passo mais próximo da idealização do transporte marítimo isento de CO2. Com o apoio do grupo CMA CGM em produzi 12 mil toneladas de biometano, o grupo conquistou um marco em seu empenho para ser isento em carbono. Este tanto de combustível é equivalente ao consumo de dois navios de 14000 TEU durante um ano todo.

O biometano é uma fonte de energia que retrata um ótimo modelo de economia circular funcionando em consonância com o setor agrícola. Investir em equipamentos para produzir o biometano e entender a possibilidade dos processos de liquefação com o intuito de utilizá-lo como combustível de navegação é o objetivo da CMA CGM.

Como a produção de biometano pode auxiliar navios no ramo de transporte marítimo?

A CMA CGM está adiantando seu compromisso de estar à frente da transição energética no ramo do transporte marítimo com o apoio à produção de biometano. Em 2020 o Grupo teve corte de 4% em suas emissões globais de gás carbônico, e em 2019 a redução foi de 6%.

Para abastecer dois navios movidos a GNL d 1400 TEU são necessários 12 mil toneladas de biometano com garantia de origem, estes navios conseguem operar na linha entre São Petersburgo e Rotterdam por um ano.

A tecnologia de energia a gás dual-fuel da CMA CGM em conjunto com o biometano com garantia de origem podem diminuir as emissões de gases de efeito estufa em pelo menos 67%.

Proposta da CMA CMG de baixa emissão de carbono

O Grupo CMA CGM oferecerá a partir de maio de 2021 a possibilidade dos clientes escolherem o biometano através da variedade de serviços ACT with CMA CGM+. Esta ação será, certamente, uma grande etapa na redução do impacto ambiental no transporte marítimo de mercadorias desses clientes.

Os serviços oferecidos pelo ACT with CMA CGM+ são pensados para promover o cuidado ambiental, eles são capazes de oferecer análise, redução e compensação na pegada ambiental dos clientes para que eles ajam com consciência e responsabilidade a favor da sustentabilidade.

A tecnologia a favor do compromisso do Grupo CMA CGM em reduzir a emissão de gás carbônico

As maiores inovações tecnológicas que são eficazes e estão disponíveis no mercado para acelerar a transição de energia na indústria de transporte marítimo e logística é uma das ferramentas utilizadas pelo Grupo CMA CGM.

Hoje em dia, o GNL é a escolha perfeita à disposição para diminuir a pegada de carbono do transporte e preservar a qualidade do ar. Pode diminuir as emissões de dióxido de enxofre em 99%, as emissões de partículas em 91% e as emissões de óxido de nitrogênio em 92%, indo muito além dos padrões existentes. Em 2022, a previsão é de que cerca de 30 dos navios do Grupo sejam movidos a GNL.

As pesquisas do Grupo e dos parceiros estão a todo vapor para desenvolver e identificar as fontes de energia do futuro com a intenção de encontrar uma forma de impactar positivamente a preservação do meio ambiente.

Sobre o Grupo CMA CGM

Liderado por Rodolphe Saadé, o Grupo CMA CGM é líder mundial em navegação e logística. Com 500 navios que atendem mais de 420 portos em cinco continentes ao redor do mundo, transportaram cerca de 22 milhões de TEUs (unidades equivalentes a vinte pés) em 2019. Com a CEVA Logistics, líder mundial em serviços de logística, a CMA CGM lida com mais de 500.000 toneladas de frete aéreo e 1,9 milhão de toneladas de frete terrestre todos os anos. Saiba mais sobre o grupo no site oficial aqui.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.