Multinacional Honda paralisa sua produção de veículos no Brasil

Valdemar Medeiros
por
-
30-03-2021 09:59:39
em Logística e Transporte
Multinacional - Honda - veículos Imagem: SUKIYASHI / Shutterstock.com

A multinacional Honda é mais uma das montadoras de veículos que está deixando o mercado brasileiro

A Multinacional Honda anunciou na sexta (26) que suspenderá as operações no que diz respeito a sua produção de veículos no Brasil devido ao aumento da pandemia covid-19. Nos últimos dias, a fabricante se tornou a oitava empresa a interromper a produção no país. 

Leia também

Montadora Honda afirma que a paralização na sua produção de veículos é para guardar vidas

Segundo a montadora, a paralisação das atividades ocorrerá nas unidades de Ityropin (SP) e Sumaré (SP) de terça (30) a 9 de abril. A produção será retomada no dia 12.

“A Honda enfatiza que as medidas tomadas visam a manutenção da saúde e segurança das pessoas. Além disso, a empresa continua se esforçando para minimizar o impacto da pandemia na cadeia de valor, bem como os transtornos para o consumidor ”, afirmou a montadora em nota.

A compensação pelas horas trabalhadas será acordada com o Sindicato dos Metalúrgicos. Além da Honda, montadoras Toyota, Nissan, Volkswagen, Mercedes-Benz, Renault, Volvo e Scania suspenderam as operações no Brasil.

Paralisação temporária da Multinacional Honda pode se tornar permanente

A paralisação temporária das operações das unidades de Sumaré e Itirapina, no interior de São Paulo, ocorrerá de 30 de março a 9 de abril. A retomada está prevista para 12 de abril, segundo informações da Honda.

Entretanto, em caso de uma nova onda da doença a montadora afirmou que pode não ter previsão de retomada das suas atividades em solo brasileiro. Ainda de acordo com Honda, o formato de remuneração das horas não trabalhadas no período está em negociação com o Sindicato dos Metalúrgicos.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.