Crescimento do mercado de veículos elétricos é uma ameaça global para a hegemonia energética do Petróleo?

Fábio Lucas
por
-
07-05-2021 10:45:36
em Petróleo, Óleo e Gás
petróleo gasolina veículos elétricos energia Fonte: Pixabay

O número de carros elétricos no futuro irá disparar e uso de gasolina e diesel devem acabar na maioria das empresas até 2050

O mundo todo está investindo, cada vez mais, em energia limpa, tendo os veículos elétricos como um dos motores desse mercado. Porém, com os carros abandonando de vez a gasolina ao longo dos próximos 20 a 30 anos, o mercado de Petróleo global deve se preocupar? 

A Honda anunciou que pretende vender somente carros elétricos em 2040, acabando, de vez, com os seus veículos movidos a gasolina. Outras empresas do setor também já declararam que irão fazer a mesma coisa. Além disso, alguns governos também já fazem projeções para proibir a circulação de veículos movidos a gasolina. 

Entretanto, especialistas destacam que o crescimento do mercado de veículos elétricos não é necessariamente algo ruim para o petróleo. O mercado de commodites tem tido um forte crescimento com o aumento da busca por o cobre, platina e paládio. 

petróleo gasolina veículos elétricos energia
Fonte: Pixabay

O mercado de carros elétricos teve um crescimento de 41% em 2020, revela um relatório da Agência Internacional de Energia. Esses números continuarão crescendo ao longo da próxima década. 

Recentemente, o presidente dos EUA, Joe Biden, propôs um investimento de 174 bilhões de dólares em veículos elétricos. Este ainda é um estudo sobre um aumento do crédito para as empresas que produzem. 

O lítio se tornou fundamental para a fabricação das baterias dos carros elétricos. Somente no ano passado, o metal teve um aumento de 41%. Para os próximos 5 anos, é esperado um aumento de 300% no valor do metal. 

Crescimento dos Veículos Elétricos ameaça o petróleo? 

Um relatório da IHS mostrou que apenas 0,4% de todo o transporte rodoviário global é movido através de eletricidade, em que a maior parte disso – cerca de 75% – está no mercado chinês. A quantidade é pequena, mas aumentou em três vezes na última década.  

O mercado de petróleo se preocupa somente com quanta demanda de petróleo é substituída pela eletricidade. Em 2020, por exemplo, existia no mercado 9,2 milhões de veículos elétricos e 20.000 movidos a células de combustível. Somados, esses veículos equivalem a apenas 0,2% do consumo mundial de petróleo. Se somar os ônibus elétricos e outros veículos de duas rodas elétricos, o número sobe pra 0,4% em 2020. 

Até 2025, com toda a perspectiva do crescimento das vendas de veículos elétricos, se estima que o que esses veículos deixarão de consumir de petróleo equivalha a 1,4%. 

Petróleo em desvantagem 

As fontes alternativas de energia possuem uma grande vantagem em relação ao petróleo. Os investimentos no setor serão trilionários nas próximas décadas, além de contar com muito apoio político e da sociedade em prol do meio ambiente.  

O avanço dos carros elétricos, por hora, não gera preocupação no mercado do petróleo global: “invariavelmente, alguns deles podem fazer penetração no mercado e continuar a consumir a participação de mercado tradicional para combustíveis líquidos’’, declarou Dean Foreman, do American Petroleum Institute. Mesmo com um crescimento do setor nos próximos anos, isso não preocupa: “Está claro que as fontes primárias de energia para transporte continuarão a ser gás natural e petróleo’’, concluiu Foreman. 

Tags:
Fábio Lucas
Jornalista brasileiro, amo esportes, notícias e política. Já contribui em diversos outros portais relacionados a esportes, economia e informações regionais.