Porsche fecha parceria para inaugurar uma fábrica que produzirá gasolina que não precisa de petróleo

Valdemar Medeiros
por
-
08-12-2020 09:51:38
em Logística e Transporte
porsche - gasolina - petróleo fabrica da Porsche

Porsche se esforça para fazer ‘e-gas’ neutro em carbono ou de forma direta – uma espécie de gasolina sem petróleo

A Porsche não tem planos de fazer uma versão elétrica de seus icônicos carros esportivos, mas em compensação almeja desenvolver uma nova gasolina sem a necessidade de petróleo.

Leia também

O que fazer quando os países começarem a banir carros movidos a gasolina feita com base de petróleo?

A resposta da Porsche: gasolina “sintética” neutra em carbono, ou seja sem petróleo em sua composição que poderia abastecer motores a gás em qualquer carro, não apenas em Porsches.

Por meio de um novo projeto piloto que a fabricante alemã de automóveis de alto desempenho anunciou na quarta-feira, os moinhos de vento no Chile forneceriam eletricidade para transformar água em combustível hidrogênio e oxigênio. Como parte do mesmo processo, o dióxido de carbono seria filtrado do ar. O hidrogênio e o dióxido de carbono seriam combinados para formar o metano, a ser reformulado como um substituto da gasolina a base de petróleo. Como o dióxido de carbono já estava no ar, as emissões resultantes do tubo de escape não adicionariam gases de efeito estufa à atmosfera.

Porsche almeja grandes objetivos futuros com a sua nova gsolina

O objetivo da Porsche com a sua nova gasolina sem necessidade de petróleo é “mostrar o que é tecnicamente possível”, disse Michael Steiner, chefe de pesquisa e desenvolvimento da Porsche, de modo que o chamado e-gás possa ser amostrado pelos motoristas e avaliado pelos reguladores enquanto os governos reprimem os gases do efeito estufa para enfrentar as mudanças climáticas . O local do Chile foi escolhido porque oferece vento bastante estável e confiável.

As tecnologias subjacentes ao projeto da Porsche já foram comprovadas e bem compreendidas. A água foi transformada em hidrogênio e oxigênio por décadas, por meio do processo de eletrólise. Os engenheiros têm décadas de experiência em transformar metano em combustível semelhante à gasolina também. O aumento da capacidade da energia solar e eólica torna possível um processo neutro em carbono.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.