Petrobras: 357 funcionários de campos hibernados são transferidos para refinaria

Flavia Marinho
por
-
16-04-2020 16:14:05
em Petróleo, Óleo e Gás
Petrobras: 357 funcionários de campos hibernados são transferidos para refinaria Petrobras: 357 funcionários de campos hibernados são transferidos para refinaria

Após 45 plataformas de produção de petróleo da Petrobras instaladas no Nordeste e Sudeste  serem desligadas nos últimos dias, a estatal decidiu transferir 357 funcionários diretos para o conjunto das refinarias, algumas delas inseridas na lista de privatizações. Efeito coronavírus, Petrobras adia mais uma vez licitações de sondas

Leia também

Segundo a Petrobras a hibernação das plataformas fazem parte do seu plano para enfrentar a crise gerada pelo novo coronavírus e, afirma que não haverá demissões nesses casos.

O número de funcionários a serem transferidos para as refinariam ultrapassam os 357, porém nem todos poderão ser transferidos, uma vez que alguns aderiram ao programa de demissão voluntária, uns estão de licença e outros vão continuar nas unidades que serão paralisadas.

A hibernação de uma plataforma é um processo em que as unidades são mantidas praticamente inativas, mas não chegam a ser completamente desligadas por uma questão de segurança.

O departamento de recursos humanos da Petrobras informou a Federação Única dos Petroleiros (FUP), que todas as refinarias do grupo vão receber pessoal das plataformas desativadas, com exceção da unidade de industrialização de xisto, a SIX, instalada no Paraná.

De acordo com a Petrobras ainda será definido a retomada da produção dos campos hibernados. Muito possivelmente as plataformas retomaria as atividades quando estiverem sob a direção de um novo investidor.

As 49 unidades de produção paralisadas estão distribuídas em quatro bacias – Campos, Ceará, Rio Grande do Norte e Sergipe-Alagoas. Na Bahia e no Espírito Santo, haverá mudanças nas atividades e processos.

As plataformas e sondas estão instaladas em campos que já não eram do interesse da Petrobrás e, por isso, estão na lista de desinvestimento da empresa.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe