O FPSO Polvo da BW Offshore recebe mais uma extensão da PetroRio

BW Offshore PetroRio FPSO

A operadora de FPSO, a BW Offshore, assinou um contrato com a PetroRio para uma extensão de um ano para o arrendamento e operação do FPSO Polvo em águas brasileiras hoje

O período do contrato entre a PetroRio e a BW Offshore empresa foi estendido do 3T 2020 para o 3T 2021, com opções até o 3T 2022 para o FPSO Polvo, localizado na Bacia de Campos, informou a empresa no último sábado (11).

Leia mais

O contrato foi prorrogado várias vezes desde que o contrato original da empresa terminou em 2014, e essa extensão representa a sétima extensão, com o FPSO operando no campo de Polvo, na bacia de Campos, no Brasil, durante todo o período. A sexta extensão anterior foi acordada em janeiro de 2019.

Sobre as operações da BW Offshore no Brasil

A BW Offshore está operando o FPSO Polvo no campo de Polvo operado pela Petrorio, localizado na bacia de Campos, no litoral do Brasil, a aproximadamente 100 quilômetros da costa do Rio de Janeiro, em lâmina d’água de cerca de 100 metros.

O campo foi desenvolvido com uma plataforma fixa, conhecida como Polvo A, e o FPSO Polvo, capaz de lidar com uma produção diária de petróleo de 90.000 barris de petróleo por dia, com uma capacidade de armazenamento de 1,6 milhão de barris.

Paulo Nogueira

About Paulo Nogueira

Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.