Navio com imensa carga de malte da Ambev chega ao Brasil e atraca em porto da Paraíba

Paulo Nogueira
por
-
27-08-2020 22:07:54
em Indústria Naval, Portos e Estaleiros
Ambev navio Paraiba Porto Cabedelo Malte Operação de descarregamento – Fonte: Porto de Cabedelo

O navio graneleiro Apogee Endeavour atracou no Porto de Cabeledo, na Paraíba esta semana. O malte é um ingrediente essencial para fabricação de cervejas da Ambev

Uma grande carga de Malte da Ambev chegou no Porto de Cabedelo na quarta-feira (26) no navio Apogee Endeavour, com bandeira do Panamá. Ele veio do Uruguai e deve deve terminar o descarregamento das 9.000 toneladas do insumo até o dia 28 deste mês.

Com a flexibilização das operações sócio-econômicas em meio a pandemia, a Ambev é uma das empresas instaladas que fazem a roda econômica brasileira girar, inclusive ela está com mais de 200 vagas de emprego em aberto para jovens em busca de estágio neste momento.

“Recebemos o graneleiro #ApogeeEndeavour nesta quarta, por volta das 6h, para a descarga de 9.000 toneladas de malte no berço 107.⠀O navio veio do Uruguai ?? e deverá ficar no Porto de Cabedelo pelas próximas 72h, descarregando o malte que será destinado a empresa Ambev…” Disse Gilmara Temóteo em uma postagem na rede social.

Sobre a Embarcação – O navio graneleiro Apogee Endeavour, com bandeira do Panamá e fabricação em 2009, tem 169 m de comprimento, 34 metros de altura e 27 metros de largura.

Mais algumas notícias recentes envolvendo portos, navios e a construção naval brasileira

Sobre o Porto

O Porto de Cabedelo fica na margem do estuário do Rio Paraíba do Norte, em frente à ilha da Restinga, na parte Noroeste da cidade de Cabedelo-PB, vizinho ao Forte de Santa Catarina.

O Porto de Cabedelo também é servido pela Companhia Ferroviária Transnordestina, com seus 4.238 km de extensão de malha ferroviária, ligando-o aos Estados: Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco,  Alagoas, Sergipe, além de Estados de outras regiões. Saiba mais sobre o Porto de Cabedelo aqui.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.