Lucros da Petrobras: devemos demonizar ou comemorar?

Junior Aguiar
por
-
08-05-2022 06:52:13
em Economia, Negócios e Política
Petrobras tem lucros altíssimos Alta do petróleo deve manter lucros da Petrobras nos próximos meses | Imagem: Investnews via Google




Recentemente, a Petrobras alcançou o primeiro lugar entre as empresas brasileiras com os maiores lucros se tornando a companhia mais valiosa não só do país, mas também de toda América do Sul. Esta semana, a estatal anunciou o maior ganho trimestral da história da companhia: R$ 44,5 bilhões. Esse resultado foi bem maior que o do mesmo período de 2021 (R$ 1,2 bilhão).

De todo lucro arrecadado neste período, a União receberá aproximadamente R$ 14 bilhões, valores estes que virtualmente beneficiaram projetos de infraestrutura, educacionais, segurança, entre outros. Contudo, diante de um cenário de dificuldades financeiras entre os brasileiros, com a inflação sendo puxada para cima muito devido aos preços dos combustíveis e o descrédito da política, devemos comemorar ou demonizar esses resultados?

Artigos recomendados

VOTE NA ENQUETE, sua opinião é importante!

Enquanto o preço dos combustíveis derivados do petróleo estiverem altos, vai ser difícil encontrar alguém que diga que os lucros da Petrobras têm benefícios concretos para os brasileiros. Além do mais, os pré-candidatos à presidência da República tem elevado o tom ao criticar a estatal e seus ganhos, ainda que a União seja a principal acionista.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) classificou, durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais que os lucros da Petrobras como um “estupro” e disse ainda que a estatal “não pode mais aumentar o preço dos combustíveis, isso é um crime”.

Em entrevista à rádio Sarandi, do Rio Grande do Sul, Ciro Gomes disse que a Petrobras está espoliando o povo brasileiro e que parte dos lucros divulgados serão para os acionistas minoritários, que são os banqueiros no Brasil e no estrangeiro.

Em seu site oficial, Lula também apontou os acionistas internacionais como os únicos beneficiários dos lucros da Petrobras e repetiu o que chama de “abrasileirar” a política de preços da estatal, que não se preocupa com o fato de aumentar do custo de vida e tornar a vida do brasileiro muito mais difícil.

5 razões que fizeram os lucros da Petrobras dispararem

  1. Supervalorização do petróleo no “pós-pandemia“: No primeiro trimestre de 2022, o preço do petróleo subiu 66% no mercado mundial se comparado com o mesmo período do ano passado. A alta foi acelerada ainda mais após a guerra na Ucrânia, porque a Rússia, que é o segundo maior exportador e terceiro maior produtor de petróleo global, respondendo por cerca de 12% da oferta global, vem sofrendo sanções econômicas. Devido a política de preços com base no preço internacional, a Petrobras repassa esses aumentos aos brasileiros.
  2. Custo de produção X preço de venda do diesel: Os aumentos de preços fizeram subir a diferença entre os custos de produção do diesel e o preço de venda do combustível. Em março, a Petrobras promoveu o maior reajuste desde janeiro de 2021 (24,9% do diesel S-10 nas refinarias). A diferença favorece os ganhos da Petrobras, até porque o diesel correspondeu por 48% das receitas de vendas da estatal no primeiro trimestre.
  3. Mais produção e mais vendas para o exterior: A Petrobras extrai petróleo do pré-sal a um custo de US$ 6 o barril, sendo que o preço de venda foi de US$ 101,40 no trimestre. A empresa elevou a produção no trimestre em mais 1%, e exportou 55% a mais em relação ao primeiro trimestre de 2021.
  4. Queda do dólar: O dólar caiu 15% no primeiro trimestre, contribuindo com o lucro da Petrobras, pois ajudou a reduzir dívidas e outros passivos da companhia.
  5. Aplicações financeiras: A Petrobras aumentou a quantidade de dinheiro em caixa no primeiro trimestre devido ao aumento das vendas. Portanto, a aplicação desses recursos no mercado financeiro trouxe mais lucros. Boa parte desses ganhos tem relação com o aumento da taxa de juros Selic que chegou a 11,75% ao ano ao fim do primeiro trimestre.

Alta do petróleo deve manter lucros da Petrobras nos próximos meses

A tendência é de que a Petrobras e outras empresas do setor com ações na bolsa continuem apresentando bons lucros nos próximos trimestres.

O que se vê é que as cotações do petróleo continuem em alta, inclusive demanda que superem a oferta. O motivo ainda tem a ver com as sanções da União Europeia à Rússia relativo ao fornecimentos de alguns tipos de combustíveis.

De acordo com o responsável da Mesa Expert da CM Capital, Nicolas Silvas, mesmo com o plano da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) de manter aumentos pequenos na produção do petróleo, a queda nos estoques tende a levar a uma alta nos preços.

Demais especialistas também acreditam que nos próximos meses os valores do petróleo brent devem se manter acima de US$ 100. Outro fator favorável à Petrobras seria o pagamento de dividendos. A estatal irá antecipar proventos do trimestre de R$ 3,17 por ação aos acionistas que estiveram na base de dados da empresa até 23 de maio. Assim, os investidores se sentirão motivados.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Junior Aguiar
Jornalista, formado pela Universidade Católica de Pernambuco | Produtor de conteúdo web, analista, estrategista e entusiasta em comunicação.