Início Iniciou-se o levantamento do TBG sobre demanda por capacidade de transporte de gás no intervalo entre 2023 e 2032

Iniciou-se o levantamento do TBG sobre demanda por capacidade de transporte de gás no intervalo entre 2023 e 2032

25 de maio de 2022 às 11:43
Compartilhe
Siga-nos no Google News
TBG, gás, transporte
Fonte: Adobe Stock

A Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil, TBG, iniciou nesta segunda-feira, 23, levantamentos para transporte de gás

Visando o futuro e a ampliação de sua rede, a TBG, (Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil) começou nesta segunda-feira, 23, consultar os agentes de mercado para estimar a necessidade de transporte de gás natural em seu sistema para o período 2023 a 2032. A pesquisa será realizada no POC (Portal de Capacidade de Ofertas) da empresa e pode ser acessado no site do TBG. A pesquisa estará disponível para preenchimento pelos remetentes em um período de até 30 dias.
De acordo com o TBG, o objetivo é revitalizar o projeto do TBG de expansão do sistema de transporte de gás a partir de Chamada Pública Incremental 2022 e continuar proporcionando melhores condições comerciais, integrando os interesses do mercado de gás aos processos de sua cadeia de suprimentos.
“A Chamada Pública Incremental deve ir para consulta pública da ANP no primeiro semestre deste ano de 2022, então, se houver edital aprovado pela agência reguladora, a TBG realizará o evento no segundo semestre. A previsão para a TBG é que a amplificação da capacidade de transporte de gás, caso as demandas sejam aprovadas, seja concluída em 2027”, disse a empresa em comunicado.

Como TBG irá aumentar capacidade para Sulgás e SCGgás até 2024

A TBG pretende iniciar até o final deste ano de 2022 obras para melhorar a capacidade de transporte de gás do trecho sul do Gasbol, para atender as áreas de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Artigos recomendados

O projeto lançado pela TBG recebeu aprovação da ANP em abril deste ano e inclui a ampliação dos Ecomps ( estações de compressão) de Araucária (PR) e Biguaçu (SC). O objetivo, com este plano, é repassar a produção de gás para 680 mil metros cúbicos por dia (m³/dia) no extremo sul do Gasbol.

A Ecomps é responsável por aumentar a pressão do transporte dos gasodutos. A extensão do transporte de gás permite que a empresa de rede aumente a capacidade de entrega do sistema sem a necessidade de construir ou expandir os dutos. No entanto, os ganhos são pequenos.

A TBG firmou a responsabilidade de entregar o planejamento feito pronto em janeiro de 2024, para evitar a perda de abastecimento de gás no Rio Grande do Sul.

O volume total de gás fornecido pela Gasbol no mercado gaúcho atualmente é de 1,7 milhão de m³/dia. Com a implantação do reforço das estações de compressão, a TBG quer garantir mais 680 mil m³/dia a região de Santa Catarina, sem perder potência de entrega de gás para o Rio Grande do Sul.

Questionada, a TBG não divulgou o valor do investimento pelo qual a empresa seria paga. Um documento obtido pela Agência EPBR, mostra que a proposta apresentada pela empresa tem um custo estimado de US$ 29 milhões.

Sulgás temia a perda de volume de transporte de gás

A expansão do Gasbol é uma exigência antiga na indústria de transporte de gás. A tubulação de gás tem formato telescópico, ou seja, sua largura é reduzida pelo seu comprimento, principalmente a partir do trecho sul. Após mais de 20 anos de construção do gasoduto, ele mostra alguns obstáculos à expansão do mercado de transporte de gás no Extremo Sul.

O projeto de ampliação no trecho sul do Gasbol foi mostrado pela TBG como alternativa para o entrave em torno da Chamada Pública 03/2021, visando alcançar um transporte de gás viável entre 2022 e 2026. O processo que visava a ampliação da tubulação de gás no trecho sul foi suspenso pela ANP em fevereiro deste ano, a pedido da Sulgás.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes