Great Wall quer transformar antiga fábrica da Mercedes-Benz de SP em base global de exportação

Valdemar Medeiros
por
-
14-09-2021 11:28:09
em Indústria e Construção Civil
Great Wall - Mercedes-Benz - SP - carros importados - exportação Instalações da marca alemã no interior paulista Mercedes-Benz / Divulgação

A antiga fábrica da Mercedes-Benz de SP estava fechada desde dezembro de 2020. Há menos de um mês, a Great Wall resolveu comprar a fábrica para transformá-la em uma base exportadora de carros importados.    

A Mercedes-Benz confirmou esta semana que vendeu sua fábrica localizada em Iracemápolis, SP, que estava fechada desde dezembro de 2020. A compradora foi a fabricante chinesa Great Wall Motor. Tudo indica que o lançamento da Great Wall em SP ocorrerá no segundo semestre de 2022, ademais a fabricante pretende começar exportando carros importados, deixando o mercado dos brasileiro para os anos seguintes.

Leia também

A linhagem de SUVs é o alvo principal da Great Wall para exportação no Brasil

A Great Wall ainda está decidindo quais modelos de carros importados farão parte de seu catálogo de exportações da fábrica de SP, devido ao fato de que novos modelos são apresentados na China constantemente. Mas a chinesa tem como principal alvo a variedade de carros importados que estão na classificação SUV (Sport Utility Vehicle – Veículo Utilitário Esportivo) e também nas linhagens atuais de picapes.  

Comprar a fábrica desativada da Mercedes-Benz foi peça chave para expandir sua marca não somente em SP, mas no Brasil todo e mundo a fora. A fabricante chinesa, atualmente, possui 5 submarcas, dentre elas a Haval, que é focada na produção de SUVs e a Ora, produtora de carros elétricos.

Além destas, há também a GWM Pickup, Wey e a Tank, que chegou ao mercado recentemente, trazendo modelos diferenciados de SUVs. É provável que a GWM Pickup e Haval cheguem ao Brasil primeiro, e num futuro não muito distante, a Ora também seja instalada aqui. Essa mesma estratégia está sendo aplicada pela empresa, nos métodos de expansão da marca nos mercados da Rússia, África do Sul e Chile.

Investimentos da fabricante chinesa no Brasil aumentam

O plano de expansão mundial da Great Wall Motor inclui o Brasil. Em algumas entrevistas e notas, a empresa deixa nítido seus planos de comercialização e a meta atual é comercializar cerca de 4 milhões de veículos por ano, mas a partir de 2025.

Em 2020, mesmo com o cenário obscuro de uma pandemia mundial, as vendas foram excelentes, em torno de 1,1 milhão de unidades vendidas. A fábrica em SP terá capacidade de produzir cerca de 100 mil veículos por ano e vai exportar diversos carros importados, além dos que serão fabricados aqui.

A antiga fábrica da Mercedes-Benz será uma base de suma importância para o mercado de exportações. A Great Wall informou que irá investir em torno de R$ 4 bilhões nos próximos 5 anos, em prol do funcionamento pleno da fábrica no Brasil.  

Emprego e renda para a região de Iracemápolis/SP

Estima-se que serão gerados cerca de 2 mil empregos para a região de Iracemápolis e áreas próximas de SP. Diversas adaptações e reformas serão realizadas na fábrica em SP, para que logo possa iniciar a produção dos modelos da Great Wall Motor, mas a mesma relatou que pretende preservar parte do modelo utilizado na fábrica pela Mercedes-Benz.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe