Great Wall Motors perde paciência com o governo indiano e transfere investimento de US$ 1 bilhão para o mercado automotivo brasileiro

Valdemar Medeiros
por
-
12-08-2021 13:17:30
em Economia, Negócios e Política
Great-Wall-Motors - governo - indiano - índia - investimento - mercado automotivo Great Wall Motors, maior fabricante de carros privada da china, está em negociação com o governo brasileiro para fabricar seus veículos – créditos: Canal WSA

Após a demora do governo indiano em aprovar suas transações, a Great Wall Motors perdeu a paciência e transferiu parte do investimento no país para investir no mercado automotivo brasileiro

A Great Wall Motors perdeu a paciência com o governo indiano e transferiu um investimento de US$ 1 bilhão que seria para o país, ao mercado automotivo brasileiro. O motivo da indignação, se deve porque o governo do país está atrasando a um ano a aprovação de Nova Delí para um grande investimento na Índia. A transferência de fundos retirados da Índia pode chegar a US$ 300 milhões, deixando cerca de US$ 700 milhões para investimentos no mercado automotivo.

Leia outras noticias relacionadas

Great Wall Motors focará nos SUV’s

GREAT WALL MOTORS (GWM) VIRÁ PARA O BRASIL VENDER PICAPES/SUVS E ELÉTRICOS!? *marca do punk cat*

No mercado automotivo indiano, a GWM focará nos SUV’s da Haval, inclusive após comprar uma fábrica da General Motors. Já no Brasil, a Great Wall Motors pretende vender além de SUV’s, Picapes, pelo menos por enquanto.

Com o valor do investimento, a operação da montadora no Brasil deve ser impulsionada. Já na Índia, uma fonte da empresa revelou que os acordos no Brasil estão quase fechados e não faz sentido manter os recursos bloqueados no país asiático à espera do governo de lá. O investimento que seria aplicado na Índia, tem em uma parte, a missão de comprar uma fábrica que era da General Motors.

A Great Wall Motors fez essa mesma estratégia na Tailândia. Sendo assim, enquanto o investimento se desenrola com o governo indiano, a montadora analisa com mais atenção o caso do mercado automotivo brasileiro.

US$ 2 bilhões são suspensos pela empresa por demora do governo indiano

Em análise ao mercado automotivo de outros países, as picapes e a SUV’s são a prioridade da empresa no momento e no Brasil, sem necessitar de aprovação do governo para realizar investimentos, a Great Wall Motors terá uma maior liberdade de atuação, seja com a fábrica da Mercedes-Benz ou outras instalações.

Diferente do mercado automotivo brasileiro, as relações entre a China e a Índia tornam os investimentos no país asiático ainda mais complicado. Cerca de 150 propostas que equivalem a US$ 2 bilhões foram canceladas pela lentidão do processo nas mãos do governo indiano. Até mesmo a Tesla, que está longe de ser chinesa, também não é muito bem vinda por lá.

Great Wall Motors poderá instalar fábrica no Ceará

Há grandes chances do Ceará receber o mais novo investimento de uma fábrica da GWM, que há tempos planeja uma entrada no mercado automotivo brasileiro e agora tem o estado como uma melhor opção, além da fábrica da Mercedes-Benz em SP.

Em junho, o secretário de Relações Internacionais do Ceará, Cesar Augusto Ribeiro, realizou uma visita às instalações de uma das fábricas da Great Wall Motors e aproveitou a ocasião para apresentar os diferenciais do estado.

Foi apresentado na visita, a estrutura de Zona de Processamento e Exportação (ZPE) e as principais vantagens do Ceará para receber investimentos exteriores. O secretário também ressalta a importância da fábrica em relação aos carros elétricos, que para ele, é uma das tecnologias que possuem um futuro brilhante na mobilidade.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe