Segundo funcionários demitidos da Niplan que trabalharam na construção da maior fábrica de celulose do planeta, o Projeto Star da Bracell, estão sem receber rescisão e não tem onde ficarem

Valdemar Medeiros
por
-
21-09-2021 14:11:57
em Indústria e Construção Civil
Bracell - Niplan - funcionários - celulose - SP - demissão SEM PAGAMENTO – O grupo de manifestantes chegou a bloquear a entrada da fábrica, que teve a segurança reforçada por equipes da Polícia Militar (Foto: Divulgação)

O projeto da Bracell, que para muitos se tratava de um sonho, está se transformando em pesadelo, de acordo com funcionários contratados pela Niplan

No início desta terça-feira (21), os funcionários contratados para o maior projeto de celulose do planeta pela empresa Niplan realizaram uma manifestação na porta da Bracell, em Lençóis Paulista. O motivo alegado por eles é de que a empresa os desamparou, e estão reivindicando seus pagamentos de obrigações trabalhistas que, até o momento, não foram garantidos.

Leia também

“A Bracell, junto com a sua contratada, deixa milhares de pais de família sem rescisões e pessoas que não tem condições de voltar pra suas cidades jogadas nas ruas de São Paulo, pois os alojamentos dos trabalhadores que atuavam ali seriam desmobilizados e milhares de trabalhadores que saíram pra ganhar seu pão de cada dia estão despejados, abandonados e foram em busca de sonhos no maior projeto de CELULOSE DO MUNDO e agora serão despejados na rua “sem eira nem beira” ditado popular dito no dia – a dia dos nordestinos. No presente momento as redes socias só falam em uma MULTINACIONAL QUE LARGOU INÚMEROS PAIS DE FAMÍLIA NA RUA “, relata um trabalhador do projeto.

Sobre o Projeto Star

O Projeto Star vem se mostrando um ambicioso investimento que foi capaz não só de gerar milhares de vagas de empregos no mercado brasileiro, mas também transformar a multinacional Bracell em uma das maiores unidades com capacidade atual de produzir até 1,5 milhão de toneladas/ano de celulose solúvel ou até 3 milhões de toneladas/ano de celulose kraft.

Este se trata do maior investimento privado do estado de SP que já aconteceu nos últimos 20 anos. A estimativa é de que, até o ano de 2023, o projeto que representa o maior investimento de celulose do planeta empregue mais de18 mil novos funcionários de forma permanente nas atividades de logística, florestais ou industriais.

Na página oficial do projeto da Bracell, a empresa destaca que o investimento na expansão da fábrica deverá criar oportunidades de emprego não apenas em Lençóis Paulista e Macatuba, mas também nas proximidades de Agudos, Areiópolis, Borebi, Bauru, Pederneiras, São Manuel, Barra Bonita, Jaú e Igaraçu do Tietê, e em todo o estado de São Paulo.

Bracell se pronuncia sobre desligamentos da Niplan

Em nota, a Bracell destaca que encerrou o contrato com a Niplan e, após isso, efetuou todos os pagamentos que estavam previstos no contrato. “Cabe ressaltar que é unicamente responsabilidade da Niplan honrar com todos os pagamentos de obrigações trabalhistas e outros débitos. Esclarecemos ainda que não procedem as informações de que a Bracell seja responsável por quaisquer pagamentos”, destacou a nota oficial encaminhada ao portal Acontece na Região.

Maior projeto de celulose do mundo se torna pesadelo para funcionários contratados pela Niplan

Manifestantes exigem seus direitos – Imagens divulgadas nas redes sociais por colaboradores da empresa

Os manifestantes exigem seus direitos e destacam que o projeto de celulose que, para muitos, se tratava de um sonho, agora é um pesadelo e sinônimo de desespero, uma vez que a grande maioria não sabe para onde ir e nem mesmo tem ideia do que fazer para retornar às suas famílias.

O vídeo acima demonstra a entrada da fábrica da Bracell bloqueada na ultima sexta (17). Segundo os manifestantes, a ideia era de um protesto pacífico, exigindo apenas os seus direitos.

A nova fábrica em SP foi construída com duas linhas que operam flexivelmente. Até 2023, o planejamento da produção será realizado em etapas, com foco na estabilidade operacional dos dois produtos.

Após esse período, as linhas serão usadas para a produção de celulose Kraft ou solúvel, segundo as demandas da companhia. Com a expansão concluída, a nova fábrica da Bracell em SP planeja empregar cerca de 6.650 trabalhadores, tanto diretos como terceirizados em suas atividades florestais, industriais e de logística.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe