Fábrica da Toyota em SP é considerada a mais limpa da marca no mundo e se torna referência mundial em sustentabilidade

Fábrica - Toyota - sustentabilidade - SP - Fábrica Toyota – Porto Feliz – créditos: Businesautomotive

A Toyota promove a sustentabilidade como pode, seja em seus carros elétricos, híbridos ou até mesmo em suas fábricas. A unidade da montadora em SP se utiliza de energia eólica como fonte de energia para produzir 170 mil motores por ano

A Toyota do Brasil comemorou nesta terça-feira (10), o aniversário de 5 anos da fábrica de Porto Feliz (SP), ressaltando como a fábrica é uma referência mundial em questão de sustentabilidade dentro do grupo. Sendo a única planta da Toyota na América Latina e Caribe a produzir motores para automóveis, a fábrica de Porto Feliz é considerada a mais limpa no mundo.

Leia também

Fábrica em SP reduz até 30% de emissões de CO2

A unidade segue o mesmo conceito Ecofactory utilizado na unidade de Sorocaba (SP). O princípio leva como base, reduzir todos os anos a emissão de resíduos poluentes gerados, como compostos orgânicos voláteis (VOCs) e emissões de CO2.

Além disso, o conceito também ressalta a reutilização de águas pluviais e a preservação da área de mata nativa. Desde que foi construída, a fábrica da Toyota em SP já desenvolveu cerca de 20 atividades ambientais, que incluíram a redução de 56% de resíduos, 42% na utilização de água no processo de produção e 32% na emissão de CO2 de acordo com a montadora.

Projetos de sustentabilidade na fábrica brasileira ganham destaque

Por dentro da fábrica da Toyota #toyotaproductionsystem

Os principais projetos realizados na fábrica foram a substituição da areia de fundição orgânica pela inorgânica, que é bem menos impactante ao meio ambiente, além do início do uso de um sistema de produção compacto e o uso de energia solar na iluminação de locais externos, junto a tudo isso, também foi iniciada a utilização do uso de água pluvial nos banheiros. Atualmente, a fábrica em SP conta com 100% de sua energia elétrica vinda de uma fonte renovável com zero emissão de CO2, a energia eólica.

A empresa também busca e mapeia oportunidades de conservação e melhoria na eficiência dos processos, reduzindo o consumo de energia no local. De acordo com Gilberto Paulino, gerente geral da planta, Porto Feliz é um exemplo de como a empresa está comprometida com a sustentabilidade, com a transição elétrica e o processo de neutralidade de carbono, mesmo com a expansão de suas atividades produtivas.

Com planos a longo prazo, a empresa adicionou novos projetos em sua linha, mesmo com a crise de semicondutores que aconteceram nos últimos quatro anos. A empresa está “armada” com alta tecnologia em produção e uma equipe muito habilidosa para fazer frente ao crescimento do portfólio da Toyota no Brasil.

Com um investimento de R$ 580 milhões e uma expansão de mais R$ 600 milhões, a fábrica em SP possui cerca de 400 colaboradores e produz motores para os modelos Etios, Yaris e Corolla Cross, que são fabricados em Sorocaba (SP). Por ano, a fábrica produz mais de 170 mil motores.

Toyota promove sustentabilidade em todos os lugares

Tendo em vista que o Brasil está atrasado quanto aos carros elétricos, a empresa estuda a teoria de que os carros elétricos não são a melhor forma de tornar o país sustentável e sim, os híbridos. O Brasil ainda não possui toda a infraestrutura necessária para receber os elétricos segundo o CEO da empresa.

“É possível dizer que nesse quesito o país ainda dá pequenos passos, sendo assim, a Toyota acredita que o investimento em híbridos, que utilizariam etanol ou diesel como combustível, seriam uma melhor escolha, visto que esses combustíveis chegam a ser sustentáveis”, destacou ele.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe