Empresa de energia investe R$ 750 milhões em diversas usinas solares, e cinco delas serão construídas este ano em Minas Gerais

Valdemar Medeiros
por
-
19-07-2021 12:33:42
em Energia Renovável
Energia - usinas solares - Minas Gerais - MG Painel de energia solar – créditos: Getty images

A empresa AXS Energia escolheu estrategicamente Minas Gerais para receber as suas primeiras usinas solares. Ao todo, serão investidos R$ 750 milhões no estado e mais de 150 empregos serão gerados durante as obras

Minas Gerais foi o estado escolhido para iniciar as operações da empresa AXS Energia, que faz parte de um grupo econômico com foco em energia. A empresa conta com mais de 4 mil colaboradores e investirá R$ 750 milhões em várias usinas solares. A companhia começará a construção no município de São Gonçalo do Sapucaí e, no próximo mês, serão iniciadas as obras de outras duas usinas, em Passos e em Prata.

Leia também

Minas Gerais assume liderança na geração distribuída

As estimativa é que até o fim do segundo semestre deste ano todas as cidades de Minas Gerais tenham disponíveis os serviços da companhia, que é especializada em geração distribuída de energia solar.

O atendimento, a princípio, será voltado a clientes de baixa tensão comercial, mas ainda este ano será oferecido para residências. Minas Gerais foi marcado para receber o início das operações por conta de vários fatores, como condições climáticas e alto potencial de geração de usinas solares, legislação adequada, possibilidades de oferecer propostas competitivas ao consumidor e um mercado receptivo.

O investimento em usinas solares poderá chegar a R$ 1 bilhão em três anos

Além do investimento em Minas Gerais, que possui capacidade de chegar a R$ 1 bilhão em três anos, a empresa de energia prevê que serão gerados 150 empregos até o fim deste ano e mais de 1.000 em 2022.

A região sul do estado foi escolhida de forma estratégica para a construção das usinas solares por possuir um ótimo índice de radiação solar, com temperatura amena, contribuindo com a performance dos equipamentos eletromecânicos e geração de placas fotovoltaicas. A boa qualidade na infraestrutura de rede também reforçou a escolha.

Diretor de Operações da AXS se pronuncia

De acordo com Alysson Barros Paolinelli, Diretor de Operações da AXS Energia, o plano da empresa é que cada região que receber as usinas solares da AXS tenha uma espécie de “selo verde”.

O executivo acrescenta que o estado conta com ótimos técnicos e engenheiros, aumentando a capacidade de atrair novas mentes brilhantes para a empresa. Segundo ele, é uma parceria vantajosa para todos, onde as cidades recebem investimento sustentável e tem os benefícios na geração de empego e renda.  

A empresa poderá utilizar a mão de obra qualificada do estado para desenvolver o negócio e, segundo o diretor, os comerciantes e todos os cidadãos se beneficiarão da energia limpa e barata gerada pelas usinas solares.  

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.