Concremat Engenharia desenvolve software para otimizar projetos de óleo e gás no Pré-Sal

Flavia Marinho
por
-
02-12-2020 10:13:33
em Petróleo, Óleo e Gás
engenharia - pré-sal - óleo e gás

Software Pore, um programa desenvolvido pela Concremat em parceria com a ESSS, reduz tempo e custos de informações petrofísicas no pré-sal

Concremat Engenharia, ocupante do o primeiro lugar no ranking Projetistas e Gerenciadoras das maiores companhias de engenharia do Brasil, desenvolveu um novo tipo de análise digital capaz de reduzir o tempo para levantamento de informações petrofísicas das rochas encontradas no pré-sal. Energy Plataform procura parceria para construir Hub de gás natural no Rio de Janeiro e Espírito Santo

Leia também

De acordo com a Concremat Engenharia, a fase dos projetos de levantamento, é uma das principais barreiras para que os mesmos se sejam mais ágeis e precisos. O estudo também pode elevar o cronograma de exploração de petróleo e gás, com informações que demoram até 6 meses para serem analisadas.

É aqui que entra o Pore, o software desenvolvido pela Concremat em parceria com a ESSS, capaz de digitalizar uma amostra e reduzir o tempo da análise para poucos dias.

O software ajudará os cientistas e engenheiros a estimar, a partir das amostras de campo, características da rocha que são cruciais para a modelagem e simulação de reservatórios. Influenciando assim na distribuição das propriedades topológicas e petrofísicas do modelo, que são determinantes para o comportamento do fluxo de fluidos, planejamento de poços, otimização da produção.

“Com o Pore, podemos verificar as características da amostra e entregar informações em menos de uma semana. No método convencional, isso pode demorar até seis meses. Esse tempo é crucial para a tomada de decisões por parte das empresas exploradoras, pois, com essas informações petrofísicas, é possível saber quanto há de petróleo na rocha e a melhor forma de extraí-lo”, explica Leonardo Verbicaro, físico e coordenador do projeto Pore na Concremat.

Segundo Lenardo, além de aumentar a velocidade da análise, o Pore reduz o custo e não destrói as amostras. Ele funciona como um tratamento de imagem. Por ser digital, permite fotografar a rocha e analisá-la sem necessidade de destruí-la. “Além disso, podemos criar um banco de dados, integrando informações de todas as amostras, e entender melhor os materiais que compõem um determinado campo de petróleo”, finaliza.

Sobre Concremat

A Concremat Engenharia e Tecnologia ocupa o primeiro lugar no ranking Projetistas e Gerenciadoras das maiores companhias de engenharia do Brasil e é a 3ª empresa de engenharia e infraestrutura mais inovadora do país pelo levantamento Valor Inovação 2019. Em 2017, a Concremat passou a fazer parte do grupo China Communications Construction Company (CCCC), conglomerado chinês que está entre os maiores construtores de portos e ferrovias do mundo.

Sobre ESSS

Engineering Simulation and Scientific Software (ESSS),é uma multinacional brasileira especializada em desenvolver ferramentas de Computer-Aided Engineering (CAE) na área de fluidodinâmica, análise estrutural, eletromagnetismo e multifísica.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe