China descobre nova maneira de extrair lítio de baterias para carros elétricos

Valdemar Medeiros
por
-
19-02-2021 10:15:24
em Logística e Transporte
China - Lítio - carros elétricos Nova bateria de carros elétricos

Uma nova maneira de extrair lítio para os carros elétricos foi descoberta por cientistas da China

Pesquisadores da China descobriram que há uma nova maneira de extrair lítio de baterias usadas de fosfato de ferro e lítio e já pensam no uso dos carros elétricos. Este processo já considerado inovador gera Li 3 PO 4, que poderá ser vendido com rendimento considerável aos fabricantes de baterias.

Leia também

A Universidade Tsinghua, localizada em Pequim relata que a oxidação mecânico-química em fase sólida, pode oferecer uma rápida extração de cerca de 99,7% do lítio de materiais catódicos existentes nas baterias de fosfato de ferro e lítio (LiFePO4). Esse tipo de tecnologia é um dos principais métodos de produção de nanomateriais.

China: As vantagens de utilização deste método para extração de lítio

A principal vantagem desse método é que o material extraído é totalmente livre de ácido, além do fato de que o processo pode ser concluído em um tempo menor, de cerca de cinco minutos apenas. Durante o processo de extração, também não há produção de água residual. Ainda relacionado ao processo de extração, é gerado três novos produtos químicos, algo que pode gerar um grande incentivo financeiro, sendo significativo também para o processo de reciclagem de baterias dos automóveis. 

Processo de estudos da China, pesquisas e novidades no mercado dos carros elétricos

Alguns estudos realizados recentemente, parte deles pelo pesquisador Kang Liu, mostraram os diversos benefícios que as baterias de lítio oferecem, sendo uma confiável alternativa à base de níquel e cobalto, que estende o alcance dos veículos elétricos por modulação térmica. Porém, infelizmente as soluções de reciclagem que existem atualmente nesta área ainda são muito limitadas, não sendo suficientemente sustentáveis.

“Por exemplo, a pirometalurgia pode exigir uma alta temperatura de reação e envolve alto consumo de energia e liberação de gases de combustão”

“A hidrometalurgia requer reagentes ácido-base e pode produzir águas residuais contendo metais pesados. A pesquisa em bio-metalurgia ainda está em estágio de pesquisa científica.”, relatos do pesquisador Kang.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.