Canadense AmmPower fecha parceria para produzir, armazenar e distribuir amônia verde no Espírito Santo

Valdemar Medeiros
por
-
30-07-2021 11:28:00
em Indústria e Construção Civil
Canadense - Amônia - Espírito Santo - AMm power AmmPower entregará sua tecnologia única de amônia verde, para ajudar com soluções de energia no porto. Foto: Porto Central

A Canadense AmmPower fechou uma parceria com o Porto Central com o objetivo de construir uma unidade para produzir, armazenar e distribuir amônia verde com foco no abastecimento do mercado doméstico, no Espírito Santo.

A empresa canadense AmmPower fechou um Memorando de Entendimento com o Porto Central, no Espírito Santo, para a instalação de uma unidade de produção, armazenamento e distribuição de amônia verde, produzida a partir do hidrogênio verde (H2V).

Leia outras notícias relacionadas

CEO da Canadense AmmPower se pronuncia

Com o anúncio, o porto do Espírito Santo entrou na rota dos grandes projetos de Hidrogênio Verde previstos no país, nos portos de Pecém, Suape e Açu. Ao contrário de outros projetos, onde a amônia verde é exportada para outros lugares, o projeto da canadense é focado no abastecimento do mercado doméstico.

De acordo com Gary Benninger, CEO da companhia, este é um passo importante para a sua empresa poder trabalhar com o porto para construir um dos principais portos de energia sustentável do mundo.

A tecnologia da empresa canadense permitirá utilizar hidrogênio e amônia verde como fonte de combustível para as grandes embarcações no porto do Espírito Santo. De acordo com Benninger, a empresa deverá contribuir no fornecimento de energia renovável para a rede elétrica brasileira, além de produzir fertilizantes limpos.

Localização privilegiada do Porto contribui para a escolha do projeto

Porto de Vitória – ES [720p HD]

O Porto Central está localizado próximo a atividades de exploração e produção de petróleo e gás e também projetos de energia eólica offshore. Segundo a Votu Winds, a previsão é que sejam gerados 1.440 MW de potência instalada, por meio da implementação de 144 torres com potência de 10 MW cada, em parques de energia eólica offshore entre os municípios de Itapemirim, Presidente Kennedy e Marataízes, onde está localizado o porto no Espírito Santo.

Já no Rio de Janeiro, são concentrados quatro dos seis maiores projetos offshore em construção no país. Entre eles estão os projetos da Ventos do Atlântico, o segundo maior do Brasil, com mais de 370 turbinas de energia eólica e mais de 5GW de potência. Logo após, vem o parque eólico de Aracatu, da Equinor, que possui 320 turbinas e capacidade de 3,8 GW.

Para Jose Salomão Fadlalah, CEO do Porto Central, a parceria com a AmmPower para a construção da unidade de produção de amônia verde está diretamente alinhada com os objetivos de desenvolver um Hub de Energia Limpo no estado. De acordo com o comunicado, o Porto Central deixará a canadense livre para transportar amônia e hidrogênio verde em toda a região do ES, por meio de seu terminal portuário de granéis líquidos. Além disso, será desenvolvido um novo complexo industrial portuário de águas profundas, que terá acesso a rodovias e futuras ferrovias.

Conheça a AmmPower

A Ammpower é uma empresa canadense de exploração e desenvolvimento de projetos de tecnologia júnior com o objetivo de promover soluções sustentáveis como parte do movimento rumo à mudança industrial com ESG.

A equipe da Ammpower é uma mistura ideal de executivos talentosos, engenheiros experientes e uma forte equipe de mercado de capitais que se juntaram para construir uma empresa que foca em encontrar investimentos para impulsionar um futuro de energia limpa.

Das tecnologias utilizadas na produção com base em amônia à prospecção de lítio e metais preciosos no norte do Canadá, a empresa está preparada para buscar de forma intensiva o próximo grande investimento para um futuro de energias renováveis.  

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe