Agronegócio – Setor alcançou US$ 1 trilhão de exportações na década

Agronegócio, exportações Exportação de produtos do setor do agronegócio

O Ministério da Economia divulgou dados da balança comercial de 2020, no qual mostra que o agronegócio alcançou grande marca nas exportações

Na última segunda-feira, o Ministério da Economia mostrou dados onde, nos últimos dez anos, o setor do agronegócio tornou-se cada vez mais importante e responde por grande parte da economia. De 2011 a 2020, o valor de exportações do setor é de próximo a 1 trilhão de dólares e a balança comercial do setor é de 800 bilhões de dólares. As exportações não afetam apenas a renda e a capacidade de investimento dos produtores, mas também os preços internos, que em muitos casos começam a refletir os valores externos.

Confira ainda:

Até o momento, a evolução do país em número e variedade de produtos no mercado ainda não foi totalmente desenvolvida, de modo que a participação das exportações do agronegócio respondia por 37% do saldo comercial total em 2000 e subia para 49% em 2020.

Produzindo e exportando alimentos, mas contando com insumos, a agricultura tem permitido que o Brasil leve 2,8 milhões de toneladas de agrotóxicos e 233 milhões de toneladas de fertilizantes para a fronteira. O gasto total com esses insumos é de US$ 99 bilhões.

Os aumentos na produção e nas exportações incorporam receitas às carteiras de investimento, aumentando assim a capacidade de investimento dos produtores do setor.

Anteriormente, o Ministério da Agricultura divulgou a estimativa do Valor Bruto da Produção Agropecuário (VBP) do Brasil, que alcançou a marca de R$ 7,4 trilhões na década. O VBP é o resultado das vendas e preços dos produtos obtidos pelos produtores.

No mercado interno, o VBP evolui em todos os fragmentos da proteína. Mas o mais importante é a pecuária: de 2011 a 2020, o faturamento da pecuária chegou a 1 trilhão de reais.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos