WDC Networks tem acordo com a chinesa LONGI solar para o mercado de energia distribuída no Brasil; chineses doaram módulos fotovoltaicos para favela do Rio de Janeiro

Fábio Lucas
por
-
09-04-2021 12:15:57
em Energia Renovável
LONGI / Twitter LONGI / Twitter

A WDC Networks assinaram um acordo com a LONGI Solar para o mercado brasileiro de energia distribuída

A WDC Networks, empresa brasileira focada em setores de telecomunicações com fibra ótica, anunciou uma parceria com a LONGI, empresa que á líder mundial em fabricação de módulos e células solares, para o fornecimento para o mercado brasileiro de energia distribuída. A parceria possibilita que a WDC passe a usar os módulos fotovoltaicos da LONGI na fabricação e montagem dos geradores de energia fotovoltaicos para o mercado de geração distribuída no Brasil. Os produtos serão fabricados na cidade de Extrema, Minas Gerais.

Mercado brasileiro de energia distribuída só tem a ganhar com a parceria

A LONGI é uma gigante global no segmento. Ela fornece produtos de alta eficiência para o mundo todo, sendo a empresa de tecnologia solar mais valiosa e com um dos maiores faturamentos do planeta. A companhia chinesa lidera a ranking de fabricação de módulos fotovoltaicos, além de insumos para placas solares e outros produtos de energia limpa.

Com a parceria da WDC com a LONGI, o mercado brasileiro só deve sair ganhando. A LONGI faz sucesso no mercado oferecendo uma garantida de nada menos que 25 anos.

A LONGI, líder global no fornecimento de módulos solares e empresa com maior saúde financeira do segmento, conta com seus produtos HIMO-4 e HIMO-5 reconhecidos pela alta qualidade e produção de energia. Reconhecemos a altíssima qualidade das soluções da LONGI como parceiro estratégico para a fabricação dos geradores WDC Solar“, disse André Luiz de Paula Souza, diretor da unidade solar da WDC.

Gabriel Magdalon, diretor regional da LONGI Solar no Brasil, destacou a qualidade dos seus produtos e ainda comemorou a parceria com a WDC, acreditando que ela tem tudo para ser muito bem sucedida.

Unimo-nos à WDC pois temos em comum a liderança em nossos segmentos e o apreço pela alta qualidade. Na LONGI, temos muita maturidade neste mercado de solar, que é complexo, e investimos constantemente em tecnologia para oferecer sempre o melhor. Ganho alto de escala, altíssimo desempenho, melhor performance para gerar cada vez mais energia com os nossos produtos. Montamos uma estrutura local para dar suporte aos integradores e não temos dúvida do sucesso que essa parceria com a WDC terá’‘, destacou o diretor.

Agora os produtos da LONGI estão disponíveis no catálogo da WDS como produtos no modelo de negócio TaaS (Tecnologia as a Service), sendo oferecido com exclusividade pela empresa brasileira. Com isso, os custos para a produção e aquisição de novos produtos serão muito menores, agradando o mercado brasileiro de energia distribuída.

A Fundação Revolusolar, com foco em desenvolvimento sustentável das favelas através da energia solar, recebeu uma doação da LONGI, através da WDC Networks. No total, foram 54 módulos fotovoltaicos de 440W. No Twitter da empresa chinesa, foi informado que um total de 30 residências em favelas do Rio de Janeiro passaram a ter energia solar.

História da LONGI

A chinesa LONGI é uma das empresas de geração distribuída de energia mais inovadoras do mundo. Com produtos de alta qualidade e durabilidade, foi a companhia chinesa que mais exportou produtos no segmento para o mercado global. A prova disso é que a LONGI fornece módulos solares e mais de 30 GW de wafers para todo o planeta anualmente.

História da WDC Networks

Fundada em 2003, a empresa de tecnologia tem um capital 100% nacional, se tornando a líder no seu segmento de Taas – Tecnologia ”as a service”. Mais de 70% dos seus produtos com maior volume de venda são industrializados no Brasil. ”Descomplicamos a cadeia de suprimentos de tecnologia inteligente do Brasil e conectamos empresas de diversos segmentos à múltiplas soluções que simplificam seus processos”, diz o site da empresa.

Tags:
Fábio Lucas
Jornalista brasileiro, amo esportes, notícias e política. Já contribui em diversos outros portais relacionados a esportes, economia e informações regionais.