A transição energética no Brasil ganha mais um impulso em energia solar com parceria fechada entra a WDC Networks e Jinko

Flavia Marinho
por
-
12-03-2021 14:28:30
em Energia Renovável
energia solar, energia elétrica painéis de energia solar / Fonte: Reprodução – Via Google

Objetivo do acordo é incluir os módulos da Jinko, uma das maiores fabricantes de módulos fotovoltaicos do mundo, no kit de geradores de energia solar

Transição Energética – Jinko Solar, uma das maiores fabricantes de módulos fotovoltaicos do mundo firma parceria com a empresa de tecnologia WDC Networks, para fortalecer as duas empresas no mercado brasileiro de energia solar. Procurando emprego? Recrutamento e seleção para trabalhar no porto do Açu; vagas de emprego de ensino médio nas funções Operador de Produção e Movimentação de Cargas

Leia também

A fim de contribuir para a transição energética no Brasil, a parceria entre as empresas tem como objetivo oferecer kits de geração para energia solar da marca WDC. Onde a empresa de tecnologia WDC passa a incorporar de forma oficial os módulos fotovoltaicos da Jinko em sua linha de produção.

A Jinko é reconhecida mundialmente por produtos de primeira linha, testados e certificados por laboratórios respeitados no mercado. O acordo entre as empresas contempla a linha recém lançada Tiger Pro, com módulos fotovoltaicos que utilizam células de 182mm. Os produtos contam com tecnologia confiável e de ponta e apresentam vantagens que vão além do equipamento, com benefícios logísticos para os distribuidores.

Os módulos de geradores de energia solar atendem o mercado residencial e comercial

Os módulos Tiger Pro 60 células Half-cell são ideais para instalações em rooftop e atendem o mercado residencial e comercial. Para indústrias de energia solar e principalmente instalações de solo, o Tiger Pro 72 células é a solução mais completa disponível no mercado. Desenvolvido junto com fabricantes de inversores e trackers, o produto entrega o menor custo de geração de energia para o cliente.

“Buscamos sempre nos unir com os melhores e mais qualificados fornecedores em todas as unidades de negócio da WDC. Nesse contexto, a parceria com a Jinko não podia deixar de acontecer. Estamos entusiasmados e confiantes com esse movimento e acreditamos que ele trará grandes oportunidades para ambas as empresas neste mercado que tem muito potencial de crescimento nos próximos anos”, afirma André Luiz de Paula Souza, diretor da divisão WDC Solar no Brasil.

“Estamos muito otimistas com a parceria firmada com a WDC. Acreditamos na equipe, na estratégia e como a divisão de Solar tem sido conduzida. Com certeza há um grande potencial de crescer bem acima da média do mercado em 2021. Distribuidores são nosso braço comercial, junto aos instaladores e consumidores. Buscamos empresas sólidas e financeiramente saudáveis, com eficiência logística e capazes de suprir as necessidades do mercado com produtos, soluções e suporte técnico. Nossa expectativa é que os instaladores e clientes tenham um atendimento de altíssima qualidade”, diz Eduardo Gama, Gerente de Vendas da Jinko.

De acordo com a empresa, os produtos da Jinko Solar agora fazem parte do portfólio da WDC e serão um dos primeiros a serem vendidos na forma “as a Service”, pois a WDC irá iniciar a oferta de “Energy as a Service” com essa parceria. Esta modalidade, oferecida exclusivamente pela empresa WDC, elimina o custo de aquisição dos produtos de energia solar, mensaliza o investimento e permite flexibilidade nos contratos, redução de custos e pode ser rapidamente atualizado de acordo com o que há de mais inovador no mercado.

Sobre a WDC Networks e Jinko Solar

A WDC Networks é uma empresa de tecnologia, focada nos setores de telecomunicações e corporativo. Fundada em 2003, com capital 100% nacional, a empresa se tornou líder em seus segmentos na oferta do modelo de negócio TaaS – Tecnologia “as a service” (hardware e software as a service).

A Jinko Solar é uma das maiores fabricantes mundiais de painéis de energia solar por volume de vendas, além de liderar a lista dos melhores fabricantes. Fundada em 2006, está listada na Bolsa de Valores de Nova York desde 2010. Com nove fábricas, a empresa tem capacidade anual de 30 GW e está presente em 35 países ao redor do mundo.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.