Rio Grande do Sul vai ganhar sua primeira usina de energia solar fotovoltaica com licenciamento ambiental que saiu esta semana

Valdemar Medeiros
por
-
05-04-2021 11:11:54
em Energia Renovável
Usina de energia solar - fotovoltaica - Rio Grande do sul - Licenciamento ambiental usina de energia solar -Fonte: Pixabay – Foto – AAzure

Licenciamento ambiental permitirá que o Rio Grande do Sul instale sua primeira usina de energia solar fotovoltaica

Foi emitido na última quarta-feira (31/03), pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), o primeiro licenciamento ambiental de instalação da história para um empreendimento de uma usina de energia solar no Rio Grande do Sul. Com esse licenciamento ambiental, a empresa do Rio Grande do Sul, Solargrid Autogeração, pode começar a construção da Usina Fotovoltaica Uruguaiana I. A usina de energia solar irá produzir energia fotovoltaica no município de Uruguaiana, na Fronteira Oeste.

Leia também

Marjorie Kauffmann, presidente da Fepam, considera a emissão desse Licenciamento Ambiental é um avanço crucial para a geração de energia do estado do Rio Grande do Sul.

“Esse Licenciamento Ambiental para construção da usina de energia solar, é mais uma prova de que o Rio Grande do Sul está apostando e incentivando a ampliação da sua matriz energética, principalmente quando falamos em energias renováveis. Toda a documentação foi analisada com empenho e total rigor técnico pela nossa equipe da Divisão de Energia (Digen). É um empreendimento que cumpre os todos os requisitos necessários para a instalação”, avalia Marjorie.

A energia solar fotovoltaica no Rio Grande do Sul

Reconhecida como uma das opções de geração de energia mais importantes do ponto de vista ambiental, por ser uma fonte limpa e renovável, a energia fotovoltaica está disponível em ótimas condições no estado do Rio Grande do Sul, em especial, na região escolhida para a instalação da usina de energia solar.

 Eberson Silveira, diretor do Departamento de Energia da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) disse: “essa usina de energia solar, pioneira neste porte no Estado, é um importante empreendimento concebido para operar no ambiente de geração distribuída e terá investimentos aproximados de R$ 20 milhões”.

Silveira explica que as microrregiões da campanha contam com as maiores incidências de radiação solar e amplas áreas aptas para a instalação de painéis solares. “A usina de Uruguaiana terá potência de 5 MW distribuídos em 13.888 módulos fotovoltaicos, uma capacidade de produção de energia que pode ser comparada ao que é necessário para abastecer 3,6 mil residências”.

O empreendimento será instalado em uma área já utilizada para plantio de arroz, além de produzir energia fotovoltaica, o que irá diminuir os impactos de sua instalação.

Novas tecnologias

O empreendimento utilizará de tecnologias de última geração de acordo com o diretor de desenvolvimento de projetos na SolarGrid –Energia Solar, Diogo Zaverucha Pinheiro, a Usina Fotovoltaica de Uruguaiana I terá incluso módulos fotovoltaicos monocristalinos de 540 Wp com tecnologia bifacial, o que possibilita a geração de energia por meio da irradiação solar incidente tanto em sua parte superior como inferior

E não para por ai, serão utilizadas também estruturas de suporte para os módulos fotovoltaicos do tipo tracker (rastreadores solares), que se movimentam durante o dia em relação à posição do Sol. A junção dessas duas tecnologias modernas, pode gerar um aumento de 40% na geração de energia gerada, disse o CEO da empresa, Fábio Baldez.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe