A WEG, fabricante de equipamentos elétricos, pode ser um “porto seguro” em 2022 para investidores

Fábio Lucas
por
-
21-09-2021 03:20:39
em Indústria e Construção Civil
weg investimentos credit suisse

Relatório feito pelo Crédit Suisse mostra que a WEG possui uma grande resiliência e capacidade para crescer ainda mais nos próximos 12 meses

O Credit Suisse fez um relatório muito otimista em relação a ação da da WEG (WEGE3) para o próximo ano. O relatório mostrou que a WEG tem potencial de crescer dois dígitos no ano que vem. Algumas características da companhia são vistas com a chave para um o aumento do interesse de investidores.

Os analistas Pedro Hajnal e Daniel Gasparete destacaram a grande resiliência da empresa, onde a WEG é uma empresa de renome e com grande exposição no mercado internacional. A fabricante de equipamentos elétricos é apontada como um porto seguro para o próximo ano. 

Acreditamos que a deterioração do ambientes macro e políticos locais criaram a necessidade de que os investidores busquem produtos de nomes de alta qualidade com exposição a mercados internacionais”, disseram os analistas. 

Relatório feito pelo Crédit Suisse mostra que a WEG possui uma grande resiliência e capacidade para crescer ainda mais nos próximos 12 meses
A WEG participou da modernização de uma refinaria de petróleo do Peru. Foto: WEG

A analise mostrou que 55% da receita da WEG, ou seja, mais da metade, vem de fora do Brasil e, além disso, a correlação das ações da fabricante de equipamentos elétricos com a Ibovespa é pequena.  

O Crédit Suisse possui uma recomendação outperform, acima da média, para a ação da WEG para os próximos 12 meses, com preço-alvo de R$ 46. Se confirmando a previsão, seria um aumento de 17,3% em relação ao preço da última sexta-feira, que era de R$ 39,19. 

A empresa está vivendo um momento de grande valorização das suas ações. As ações da empresa mais que dobraram no ano passado, acumulando uma alta de 119%. 

O Crédit Suisse também afirmou que os investidores da empresa estão confortáveis com o atual valor de mercado da WEG: “Se os resultados não desapontarem no curto prazo, o que não acreditamos ser o caso, a WEG deve continuar sendo sendo negociada a múltiplos altos”, disseram os analistas. 

Tags:
Fábio Lucas
Jornalista brasileiro, amo esportes, notícias e política. Já contribui em diversos outros portais relacionados a esportes, economia e informações regionais.
fwefwefwefwefwe