Quatro plataformas operadas pela Trident Energy foram interditadas pela ANP, na Bacia de Campos

Roberta Souza
por
-
22-12-2020 14:02:09
em Petróleo, Óleo e Gás
Plataformas, ANP, Bacia de Campos Plataforma de petróleo na Bacia de Campos

As plataformas P-65, P-08, Pampo 1 e Enchova 1, localizadas na Bacia de Campos e operadas pela Trident Energy, foram interditadas pela ANP

A Trident Energy empresa que atuar na operação e modernização de ativos maduros de petróleo e gás, teve quatro plataformas interditadas pela ANP – Agência Nacional do Petróleo Gás Natural e Biocombustíveis, na Bacia de Campos. A empresa começou a operar as plataformas P-65, P-08, Pampo 1 e Enchova 1, em junho deste ano.

Veja ainda outras notícias:

De acordo com a ANP, existem problemas nos registros históricos das unidades de produção que não condizem com as ações de fiscalização anteriores, que estão relacionados aos temas abordados no tema SDV, Dilúvio e Drenagens, o que indica que a situação verificada foi apurada.

Trident Energy é notificada pela ANP, devendo cumprir os tópicos abaixo:

  • Tendo em consideração os resultados apresentados nos documentos relevantes, deve ser efetuado um novo diagnóstico do sistema de inundação de ESDV – Dilúvio, Drenagem e Emergency shut-down valves, devendo ser corrigidas as condições reais de funcionamento da instalação, se necessário;
  • Propor testes funcionais e à prova de vazamentos aplicáveis ​​a todos os ESDVs de fronteira;
  • Executar a manutenção no ESDVs degradados. Em situações de emergência, o estudo de risco da instalação deve ser considerado, pelo menos, incluindo o estudo de propagação do fogo; a integridade da seção de tubulação relacionada à mudança; a integridade do equipamento à prova de explosão; e a equipe de treinamento;
  • De acordo com o procedimento final do Trident, executar um teste de condução úmido eficaz, que inclui medição de fluxo e compara todas as variáveis ​​medidas com valores de referência;
  • Realizar o teste de desempenho de combate a incêndio – BCI;
  • Avaliar um grande número de pedidos de demissão de funcionários relacionados às atividades principais da Trident em dois meses. A análise deve identificar a causa e avaliar o impacto da segurança das operações do Trident e propor um plano de ação (se aplicável) para implementar as medidas.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos