Projeto da Petrobras no ES é adiado mais uma vez – investimentos não foram entregues no prazo estabelecido

ES - Petrobras - investimentos Parque das baleias – ES

Petrobras atrasa projeto Parque das Baleias no ES para 2024 devido atraso nos investimentos

A estatal brasileira de petróleo Petrobras decidiu atrasar em um ano sua zona de produção de petróleo conhecida como Parque das Baleias no ES por um ano até 2024 por causa da pandemia do coronavírus.

Leia também

Petrobras afirma que pretende preservar os investimentos do Projeto

A gigante do petróleo brasileira pretende preservar o “escopo do projeto que prevê a realocação de poços entre plataformas em operação em 2022”, anunciou a Petrobras  em 16 de outubro de 2020 em comunicado oficial.  

“Com o adiamento, a Petrobras cancelou a licitação de afretamento da plataforma para atender ao projeto e autorizou o início de uma nova licitação”, disse a empresa.  

A embarcação flutuante, de produção, armazenamento e descarga (FPSO) do projeto Parque das Baleias terá capacidade para produzir 100.000 barris por dia (b/d) de petróleo bruto e 5 milhões de metros cúbicos por dia (MMcm/d) de gás natural , segundo dados da Petrobras.

Conheça o projeto Parque das Baleias  

O novo FPSO receberá ao todo 19 poços, sendo sete novos poços produtores e quatro poços injetores do campo de Jubarte; dois poços produtores e quatro injetores do FPSO P-58, uma das principais plataformas em operação no país, e outros dois poços produtores que estão atualmente interligados ao FPSO Capixaba.  

Todos os poços, inclusive os injetores, serão equipados com DHSV e produtores terão o gas-lift como método de elevação.   O escoamento de óleo será por meio de offloading para navios aliviadores e o gás será escoado através do Gasoduto Sul-Norte Capixaba (GSNC) até a Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas (UTGC).  

Para a adequação do escoamento de gás deverá ser realizada uma derivação no Gasoduto Sul Capixaba (GSC), interligando através de um duto flexível o Gasoduto Sul Capixaba (GSC) ao Gasoduto Sul Norte Capixaba (GSNC).

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.