Petroleira Perenco fará investimento bilionário em campos de petróleo comprados da Petrobras, na Bacia de Campos

Flavia Marinho
por
-
28-12-2020 15:05:41
em Petróleo, Óleo e Gás
petróleo - perenco - petrobras

Além do investimento bilionário, Perenco quer afretar um FSO para armazenar a produção de petróleo para a venda no mercado nacional ou internacional

A Perenco pretende investir pesado nos campos de petróleo comprados da Petrobras no ano passado. Atualmente os campos maduros localizados na Bacia de Campos se encontram em revitalização. O Aporte da petroleira nos campos Pargo, Carapeba e Vermelho, em águas rasas da Bacia de Campos seria em torno de US$ 200 milhões

Leia também

Nos plano bilionário de investimento da Perenco inclui a recuperação operacional do duto que escoa petróleo de Carapeba até Pargo, extendendo a produção de petróleo dos campos para algo entre 15 mil barris por dia e 20 mil barris por dia. Para isso, a empresa já solicitou a extensão da vida útil dos campos até 2040 para a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Além da recuperação do duto, a companhia está nos planos da companhia o afretamento de um FSO (Floating storage and offloading) para armazenar a produção de petróleo e ganhar assim mais fôlego para a venda para o mercado nacional ou internacional.

A empresa já foi, inclusive, procurada por um dos players que negocia a compra de refinarias da Petrobras.O sistema de produção desses campos é integrado e consiste em sete plataformas do tipo jaqueta fixPetroleira Perenco

Sobre os ativos que a Petrobras vendeu a Perenco

Petrobras vendeu em outubro do ano passado a totalidade da sua participação nos campos de Pargo, Carapeba e Vermelho, localizados em águas rasas na costa do estado do Rio de Janeiro, para a Perenco.

Após o cumprimento de todas as condições precedentes, a operação foi concluída com o pagamento de cerca de US$ 324 milhões para a Petrobras, já com os ajustes previstos no contrato. Esse valor se soma ao montante de US$ 74 milhões pagos à Petrobras na assinatura dos contratos de venda.

O campo de Pargo foi descoberto em 1975 e os campos de Carapeba e Vermelho em 1982 tendo sua produção se iniciado em 1988. Essas concessões foram outorgadas à Petrobras em 1998 na chamada Rodada Zero de licitações. O sistema de produção desses campos é integrado e consiste em sete plataformas do tipo jaqueta fixa. Com o fechamento da transação, a Perenco passa a ser a operadora dos campos.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.