Petrobras venderá ações da BR Distribuidora e não será mais a majoritária

Petrobras vende ações e perde majoritárismo

Aprovado pelo Conselho de Administração da Petrobras, venda de lote de ações resultará em participação da petroleira em menos de 50% na companhia

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou uma nova venda de ações da Br Distribuidora, a oferta pública ainda será detalhada, mas é certo que a participação da estatal brasileira na BR Distribuidora passará a ser menor que 50%, o que tiraria da empresa a condição de acionista majoritária.

Em nota a Petrobras afirmou que “Esta operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando a geração de valor para os nossos acionistas”.
No dia 08 de maio o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, disse em coletiva de imprensa no Rio de Janeiro, que a BR Distribuidora “não participará de nenhum processo de compra de refinarias”.

Indícios do governo

Era um indício do que a Petrobras pensava em relação ao futuro da BR Distribuidora, segundo Castello Branco naquele momento a companhia ainda não tinha definido o modelo de venda da participação da Petrobras na BR Distribuidora.
Agora com a definição sabe-se como a Petrobras passa a enxergar a distribuição no país.

No final de 2017 a Petrobras já havia negociado um lote de 30% das ações da BR Distribuidora e no mês passado chegou a anunciar que estudava a oferta de um novo pacote de ações.

Com o anúncio da nova venda as ações da BR fecharam em queda de 1,84%, cotadas a R$ 23,00 ontem (22/05) e o Brazil Journal, site sobre empresas brasileiras, mercado financeiro, investimentos em ações e Bolsa de Valores, aposta na redução de participação da Petrobras de 71% para 41% na BR Distribuidora.

Visando leilão do pré-sal que está por vir, petroleiras sugerem a criação de bônus em dinheiro que seria dado como crédito as petroleiras que excederem o conteúdo local ! Acesse a matéria e boa leitura !

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Click Petróleo e Gás.

Renato Oliveira

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)