Petrobras inicia processo de arrendamento do terminal de regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) na Bahia

Kelly
por
-
03-08-2020 11:10:11
em Petróleo, Óleo e Gás
petrobras inicia venda de terminal de gnl da bahia Terminal de GNL da Petrobras na Bahia/ Imagem: Divulgação

Petrobras publica edital para licitação de terminal de regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) na Bahia e conta com dez empresas na disputa

Seguindo a política de desinvestimento da Petrobras, que prevê a saída da estatal de diversos segmentos do mercado de gás, a empresa informou nesta segunda-feira (03), em nota, que iniciou o processo de licitação para arrendamento de seu terminal de regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) da Bahia.

Veja também outras notícias

A licitação seguirá os atos e ritos previstos na Lei das Estatais, afirmou a Petrobras. A medida engloba também equipamentos para geração e suprimento de energia elétrica situados no Terminal Aquaviário de Madre de Deus.

O processo de arrendamento do Terminal de GNL da Bahia foi iniciado no final do ano passado pela Petrobras e a iniciativa está de acordo com o Termo de Compromisso de Cessação para o mercado de gás natural celebrado junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

A Petrobras pré-qualificou dez empresas para o arrendamento do terminal de GNL de Salvador, na Bahia. Estão na disputa petroleiras, distribuidoras e comercializadoras de gás e empresas de GNL.

As empresas qualificadas pela Petrobras:

  • Golar Power Latam Serviços Marítimos Ltda
  • Gás Natural do Brasil S.A.
  • Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás)
  • Repsol LNG Holding S.A.
  • BP Energy do Brasil Ltda.
  • Compass Gás e Energia (Cosan)
  • Total Gás & Eletricidade do Brasil Ltda
  • Shell Brasil Petróleo Ltda
  • Excelerate Energy L.P
  • BG do Brasil Ltda

Sobre o Terminal de GNL na Bahia

O terminal na Bahia (TR-BA), um píer tipo ilha com todas facilidades para atracação e amarração de um navio FSRU (Floating Storage and Regasification Unit), possui um gasoduto associado com 45 quilômetros de extensão.

O TR-BA tem vazão máxima de regaseificação de 20 milhões de metros cúbicos por dia. A transferência de GNL é feita diretamente entre o FSRU e o supridor na configuração side by side.

Transação ocorrem em meio às discussões no Congresso para aprovação da Nova Lei do Gás

A Nova Lei do Gás (PL 6.407/2013) institui o regime de autorização para novos gasodutos, oferecendo maior liberdade aos investidores, reduz o custo do gás de cozinha, beneficiando toda a população, entre outras mudanças. Com aa saída da Petrobras como operadora dominante do setor, o projeto visa estimular competitividade.

O novo maarco do gás naturaal deve atrair cerca de R$ 60 bilhões em investimentos para o Brasil e tem capacidade de gerar 4 milhões de empregos, sendo 15 mil postos de trabalho só no Espírito Santo.

Tags:
Kelly
Engenheira de Petróleo especialista em Eficiência Energética e pós-graduada em Engenharia Civil; Possui experiência em atividades na indústria petrolífera onshore. Entre em contato para sugestões de pauta, postar vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe