Petrobras amplia contrato para dois navios de perfuração da Transocean. A multinacional incrementa em US $ 297 milhões sua carteira de pedidos

Paulo Nogueira
por
-
19-11-2020 12:36:55
em Petróleo, Óleo e Gás
Petrobras Navio Perfuração Deepwater Corcovado Mikonos Deepwater Mykonos/ Fonte – Transocean

A empreiteira de perfuração offshore Transocean obteve extensões de contrato para dois de seus navios-sonda que estão trabalhando para a Petrobras

A Transocean disse na quarta-feira(18) que a Petrobras exerceu uma opção de preço fixo pré-existente de 680 dias para o Deepwater Corcovado, e uma opção de preço fixo preexistente de 815 dias para o navio de perfuração Deepwater Mykonos.

Juntas, essas extensões de contrato adicionam aproximadamente US $ 297 milhões à carteira de pedidos da Transocean. Ambas as plataformas continuarão operando no Brasil e estão sujeitas a escalonamentos de taxas diárias indexadas anuais. Os contratos iniciais para os dois navios sonda foram concedidos em março de 2019.

O Deepwater Corcovado foi premiado com um contrato de 629 dias, enquanto Mykonos garantiu um contrato de 550 dias, mais opções que já foram exercidas.

A carteira de contratos firmes estimada era de aproximadamente $ 123 milhões para o Corcovado e $ 118 milhões para o Mykonos.

Esta não é a primeira vez que os dois navios-sonda trabalham no Brasil com a Petrobras. A Petrobras também usou os dois navios-sonda em 2012 , enquanto eles ainda eram propriedade da Ocean Rig antes de ser adquirida pela Transocean.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.