Sondas da TransOcean que vão perfurar para a Petrobras em Mero chegam ao Brasil

TransOcean

Os Dois navios-sonda da TransOcean que foram contratados em março pela Petrobras para operar no campo chegam no Brasil

Em março o Click Petróleo e gás informou que a Ocean Rig (que foi comprada pela TransOcean), assinaria um contrato com a Petrobras para perfurar em Mero, sendo assim a companhia já providenciou a transferência de duas de suas sondas para o Brasil.
Os navios-sonda Deepwater Mikonos e Deepwater Corcovado acabaram de chegar e foi informada pelo CEO da companhia, Jeremy Thigpen, durante conferência com analistas na última terça-feira (30/10).

O próximo passo são os preparativos finais pela Petrobras para que os equipamentos possam iniciar as perfurações na Bacia de Santos, na segunda quinzena de novembro.

Retomada do mercado

O CEO da TransOcean está otimista em relação a novas contratações pela Petrobras e acredita que mais três sondas serão afretadas no início do ano que vem.

A estatal brasileira já contratou seis sondas, três com a Constellation, duas com a Petroserv e uma com a Ocyan. Em relação a contratos de afretamento, a Petrobras ainda tem duas licitações em andamento, uma de sondas ancoradas, que corre o risco de ser cancelada, e outra para um ou mais equipamentos com capacidade para operar em lâminas d’água de 2,4 mil metros e 3 mil metros.

A demanda crescente da Petrobras por sondas de perfuração no pré-sal em 2020, faz a TransOcean acreditar em uma expansão da empresa no país.

Segundo o executivo da TransOcean, “O meu palpite é que grande parte da capacidade local será consumida e os players internacionais vão querer ativos com especificações mais altas no mercado. Acho que isso abre a porta para aumentarmos nossa presença lá (no Brasil)”, disse ele.

Fonte: Revista Brasil Energia

Leia também ! PF identifica navio grego responsável pelo vazamento de petróleo no Nordeste !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)