Opep anuncia aumento na produção de petróleo para 432 mil barris por dia para expandir oferta do commodity em junho

Ruth Rodrigues
por
-
09-05-2022 07:45:35
em Petróleo, Óleo e Gás
Com uma baixa demanda internacional pelo commodity, a Opep anunciou um aumento na produção de petróleo para 432 mil barris por dia e, com isso, a organização busca elevar a oferta pelo produto e conseguir sobressair o momento atual do mercado global Foto: narvikk/iStock




Com uma baixa demanda internacional pelo commodity, a Opep anunciou um aumento na produção de petróleo para 432 mil barris por dia e, com isso, a organização busca elevar a oferta pelo produto e conseguir sobressair o momento atual do mercado global

A Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep) anunciou na última quinta-feira, (05/05), um aumento na produção de petróleo no mundo inteiro. A organização agora determinou uma elevação para 432 mil barris por dia pelos países que são associados, devido à baixa demanda internacional pelo produto. Essa é uma estratégia voltada para a expansão na oferta pelo commodity em todo o mercado internacional ao longo do mês de junho.

Países que fazem parte da Opep irão aumentar produção de petróleo para 432 mil barris por dia durante o mês de junho para desviar déficit na demanda do commodity

Durante a reunião de quinta-feira com os países que fazem parte da organização, a Opep anunciou ao mercado global que irá aumentar a produção de petróleo para 432 mil barris por dia no mês de junho. Isso acontecerá como uma forma de contornar a baixa demanda pelo produto e incentivar um aumento na oferta do commodity dentro do mercado internacional, para que as empresas voltem seus olhares para o recurso. 

A organização destacou que a decisão do aumento da produção de petróleo foi tomada após uma grande observação dos “efeitos contínuos de fatores geopolíticos e questões relacionadas à pandemia em andamento”. Quanto a isso, houveram alguns acontecimentos que baixaram a demanda pelo commodity nos últimos meses e a Opep precisa reverter a situação. Esse foi o segundo aumento no ano de 2022, uma vez que a organização já havia aumentado a produção em 432 mil barris por dia, após uma sequência de altas de 400 mil barris por dia nos últimos meses de 2021.

Por fim, a Opep conversou com os países que fazem parte da organização para que haja uma conformidade com a produção e um forte investimento em novos incentivos para o incremento nessa cadeia. Com isso, as nações precisarão manter a estratégia de aumento da oferta do commodity até o fim do próximo mês, seguindo as orientações da Opep. Além disso, a organização anunciou uma próxima reunião para o início do mês de junho para a discussão dos cenários futuros em relação à produção do petróleo e o mercado global. 

Questões geopolíticas internacionais causaram queda na demanda pelo petróleo e aumento da produção do commodity e da oferta poderá reverter situação

O último aumento na produção de petróleo realizado pela Opep já havia sido feito devido ao cenário geopolítico internacional durante o mês de março. Assim, o incremento para 432 mil barris por dia neste mês aconteceu em resposta à demanda chinesa fraca em relação ao commodity. Isso porque o país estava passando por novos lockdowns e fechamento do mercado devido aos problemas internos, mas aos poucos a nação está se recuperando. 

Agora, a decisão de um novo incremento na produção do petróleo aconteceu em razão da proibição feita na última quarta-feira das importações do petróleo russo dentro de seis meses e produtos refinados do commodity até o final do ano. Assim, as sanções econômicas causam ainda mais incertezas dentro da Opep em relação à oferta e à demanda pelo petróleo no mercado global durante os próximos meses do ano.

Assim, embora a organização siga tentando tomar estratégias que revertam a situação, os países que fazem parte da Opep ainda precisam seguir as recomendações à risco para que  a oferta do commodity não continue como o cenário atual. No entanto, o cartel está otimista quanto ao plano de aumento da produção do petróleo no próximo mês.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.