Novo Porto de São Luís promete gerar mais de 10.000 empregos diretos e indiretos durante sua fase de construção

Valdemar Medeiros
por
-
05-07-2021 18:08:00
em Indústria Naval, Portos e Estaleiros
Porto - São Luís - empregos - construção Porto de São Luis_- MA, 24 de maio de 2014/VLI logística Corporativo / VLI Producao de banco de imagens para a VLI, empresa de logistica que integra ferrovias, portos e terminais com ativos proprios e de terceiros. Imagens produzidas na unidade de Sao Luis no Maranhao cuja operacao e no Porto de Itaqui. Foto: NIDIN SANCHES / Divulgacao

A proposta do novo Porto de São Luís é ser um terminal maior e melhor para a população. O principal objetivo seria impulsionar a economia do Maranhão e gerar mais de 10 mil empregos durante a sua construção

De acordo com o presidente do Terminal de Uso Privado Porto São Luís S.A, Helder Dantas, São Luís receberá um novo Porto que tem um projeto ainda melhor e mais eficaz que o projeto inicial e gerar milhares de empregos na fase inicial de construção. O porto deverá ter capacidade de movimentação de cerca de dez milhões de toneladas por ano, distribuídos em sete milhões de soja e milho, 1,5 milhão de fertilizantes, 1,5 milhão de carga geral e 1, 8 milhão de metros cúbicos de derivados de petróleo.

Leia também

A importância do Porto para o estado maranhense

Segundo Helder, é inadmissível que um projeto como esse seja inviável tendo em vista que possui uma ótima localização geográfica como a Baía de São Marcos com o seu calado elevado. Ainda mais em um momento como esse em que o Maranhão precisa acelerar sua economia para combater a crise que foi imposta pela pandemia.

O Porto São Luís é estratégico e vital para o desenvolvimento do estado. Ele justificou que o atraso do porto ocorreu por diversos fatores que são comuns no Brasil em projetos complexos como esse, como a burocracia na obtenção de licenças, questões fundiárias, autorizações e permissões junto aos órgãos públicos nas diversas esferas de governo, alterações cambiais entre outras.

Helder afirma que as obras do Porto de São Luís nunca pararam

Foram mantidas as equipes do Porto São Luís ativas em mais de 120 postos de trabalho. Essas equipes executam atividades de construção e manutenção da infraestrutura do porto, sistemas de controle, monitoramento ambiental, vigilância e outras ações que segundo Helder, nunca pararam.

Os acionistas continuam comprometidos com a construção desse projeto em São Luís que está maior e melhor após várias revisões. O empreendimento será responsável não só pela geração de empregos diretos e indiretos, mas também irá acelerar o desenvolvimento do país.

De acordo com Helder, o porto nunca parou e segue desenvolvendo várias ações sociais relevantes que contemplam sete comunidades da região ao redor como Cajueiro, Vila Maranhão, Mãe Chica, Porto Grande, Sítio São Benedito, Taim, Rio dos Cachorros. Mesmo com as restrições impostas pela pandemia foram realizadas ações como criação de área de recreação, consultas médicas, promoção de cursos de capacitação profissional, doação de máscaras e álcool em gel para as pessoas dessas comunidades.

Mais de 10 mil empregos serão gerados na construção

Outra ação que está em andamento é a construção da delegacia de Polícia Civil e uma unidade da Polícia Militar, no Km 7 da BR135 na Vila Maranhão que está prestes a ser concluída.

Essa ação, que está ligada ao projeto, irá proporcionar uma segurança maior para as comunidades e criar um ponto estratégico para a inteligência das duas polícias. Além dessa ação, ainda há o compromisso da construção de um posto de saúde, uma creche e uma escola na região.

O Porto São Luís promete gerar mais de 2.500 empregos diretos e aproximadamente 7.500 indiretos durante o período de sua construção. Serão gerados mais de 850 empregos diretos e 3.400 indiretos durante a fase de operação.  

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.