Nova usina hidrelétrica será construída no estado do Rio Grande do Sul. Cerca de R$ 300 milhões serão investidos no empreendimento

Roberta Souza
por
-
26-06-2021 10:57:51
em Usina e Agronegócio
Usina – hidrelétrica – Rio Grande do Sul PCH Forquilha IV/ Fonte: Jornal do Comércio

A Creral apresentou o projeto de uma usina hidrelétrica de 49,3 MW, chama de UHE Foz do Prata, a ser construída no Rio Grande do Sul

A direção da Creral apresentou na manhã de quinta-feira (24/06), ao poder público da cidade de Veranópolis no Rio Grande do Sul, o projeto de uma nova usina hidrelétrica a ser construída na serra gaúcha, a UHE Foz do Prata. Com investimento estimado em cerca de R$ 300 milhões, o projeto já está com o termo de referência do Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto do Meio Ambiente (EIARIMA) aprovado na FEPAM e neste mês, o órgão emitiu a autorização para manejo da fauna silvestre. Veja ainda: China desenvolve segunda maior usina hidrelétrica do mundo e pretende inaugurá-la no próximo mês de julho

O projeto da nova hidrelétrica, no Rio Grande do Sul

O presidente da Creral explicou que a usina hidrelétrica Foz do Prata terá potência instalada de 49,3 MW com característica de PCH, sendo que na casa de força principal serão 45 MW. Já na casa de força complementar junto ao pé do barramento serão mais 4,3 MW.

A Foz do Prata é a primeira usina hidrelétrica da Creral, cooperativa de eletrificação rural com mais de 50 anos de existência e há 20 anos atuando na geração através de PCHs, CGHs, UTE e UFVs. Neste ano a cooperativa está construindo usinas solares nos estados do Rio Grande do Sul e São Paulo e mais três CGHs em Santa Catarina. Atualmente, duas usinas próprias e outras cinco usinas são operadas em sociedade com investidores.

Veja ainda: Nova usina de biomassa será construída no estado do Rio Grande do Sul. Cerca de 100 novos empregos serão abertos e R$ 50 milhões investidos

A Enerbio Energia e Meio Ambiente recebeu na última terça-feira (15/06) a autorização da Câmara de Vereadores de Uruguaiana, com a aprovação do projeto de lei de autoria Executiva que trata da concessão de área de 7,85 hectares para a instalação de uma Usina de Biomassa no município no estado do Rio Grande do Sul. A estimativa é de que sejam investidos no município R$ 50 milhões para a instalação da planta e 100 novos empregos sejam gerados.

De acordo com o projeto, a usina de biomassa irá produzir energia limpa e renovável a partir da casca de arroz, estimando produção mensal de 8 MW de energia, o que é capaz de atender uma cidade com 100 mil habitantes.

Conforme dados da Secretaria da Fazenda, dos R$ 50 milhões destinados à implantação, cerca de R$ 3 milhões ficarão com o município. A projeção é de que Uruguaiana arrecade, anualmente, R$ 9 milhões em Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN) a partir do momento em que a usina iniciar as atividades. O local da concessão fica na localidade de Charqueada, subúrbio próximo 10 quilômetros da cidade. O processo de instalação na cidade do Rio Grande do Sul tem previsão entre 18 e 24 meses.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos